quarta-feira, 24 de abril de 2013

Review: From Ashes To Fire (Saffire)

From Ashes To Fire (Saffire)
(2013, Inner Wound Recordings)
(5.8/6)
Após três demos, os Saffire, banda de Gotemburgo nascida em 2006, estreia-se com From Ashes To Fire. Este é uma estreia longa, marcada por um conjunto de temas que buscam as suas raízes nos grandes nomes do hard rock do passado, como Dio ou Rainbow mas que conseguem dar o passo em frente rumo a uma sonoridade perfeitamente atualizada e nunca parecendo ultrapassada ou cliché. O melhor exemplo surge logo na excelente abertura com Magnolia, tema forte cheio de groove que até remete para alguns nomes mais atuais como Avenged Sevenfold. Um baixo muito presente, belos coros, grandes solos muitas vezes em duelo entre a guitarra e o órgão (com uma sonoridade analógica tipicamente seventy) e vocais fortes são as principais caraterísticas dos Saffire. From Ashes To Fire é um disco de grande dinamismo, com temas mais fortes quase a roçar o thrash metal de uns Metallica e outros bem mais melódicos. Também com temas muito completos, cheios de breakdowns e mudanças rítmicas e estruturais, até com alguns apontamentos étnicos e progressivos e com uma enorme musicalidade. Em suma, composições inteligentes e maduras a criarem um disco cheio de pontos de interesse e que fornece a cada audição uma motivação extra para uma nova audição. Uma estreia excelente, portanto.
Tracklist:
01. Magnolia
02. Kingdom Of The Blind
03. Freedom Call
04. End Of The World
05. What If
06. A Symphony Unheard
07. Paralyzed
08. Modus Vivendi
09. The Betrayer's Fate
10. She Remains a Mystery
11. Say Goodbye
12. The Redemption
13. Stormy Waters
Line-up:
Tobias Jansson - vocais
Victor Olsson - guitarras
Anton Roos - bateria
Dino Zuzic - teclados 
Magnus Carlsson – baixo
Internet:

Sem comentários: