quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Review: Frozen Paradise (Coldspell)

Frozen Paradise (Coldspell)
(2013, Escape Music)
(5.3/6)

Ao seu terceiro álbum os suecos Coldspell mantêm o extremo bom gosto na criação de capas e, ao mesmo tempo, mantêm as suas principais caraterísticas em termos musicais, conseguindo, ainda, dar um passo em frente em termos de qualidade. Frozen Paradise, ao contrário do que o nome e a capa deixam sugerir, não é um álbum frio. É um álbum intenso, cheio de grades malhas, riffs poderosos, agradáveis melodias e grandes coros. Paradise, Going All The Way e On The Run são os melhores exemplos de um disco extremamente equilibrado, onde não se notam fraquezas nem hesitações. Em Frozen Paradise a tónica dominante é a homogeneidade, num alinhamento por cima, resultando num disco de elevada sobriedade, bem conseguido, com uma sonoridade de grande qualidade, cortesia mais uma vez de Tommy Hansen. Um disco claramente orientado para os mais exigentes consumidores do hard rock, aqueles que procuram o mais fino recorte técnico em detrimento de uma espampanante exuberância. E os Coldspell assumem-se mais uma vez como um coletivo capaz de criar grandes canções e álbuns bastante sólidos.

Tracklist:
1. Paradise
2. Angel Of The World 
3. Life Has Just Begun
4. Goin All The Way
5. Alive 
6. Life 2 Live 
7. On The Run
8. Soldiers
9. Fallin 
10. Dark Reflections 
11. Legacy 

Line-up:
Niklas Swedentorp – vocais
Michael Larsson – guitarras
Anders “Kebbe” Lindmark – baixo
Perra Johanson – bateria
Matti Eklund – teclados e vocais

Internet:


Edição: Escape Music

Sem comentários: