domingo, 17 de novembro de 2013

Review: A Cria (Join The Vulture)

A Cria (Join The Vulture)
(2013, Cogwheel Records)
(5.4/6)

Até à nossa mesa de trabalho nunca, até à data, nos tinha chegado algum projeto originário do distrito da Guarda. Recentemente isso mudou com o trabalho A Cria dos Join The Vulture, banda de Vilar Formoso. Associado à surpresa vem a expetativa. E a audição da estreia do quinteto acaba por confirmar e superar mesmo as mais altas expetativas. A Cria é um sensacional conjunto de 14 temas de rock cantado em português. Um rock que tanto tem de pop como de punk e até de blues e que se revela, apesar da sua simplicidade, de uma terrível eficácia. Com boas malhas e melhores melodias, o abutre voa por entre os mais importantes nomes do rock nacional. Desde Xutos & Pontapés (da fase 78/82 e Cerco) a UHF (da fase Rua do Carmo/Cavalos de Corrida); de Jorge Palma a João Pedro Pais. Depois de uma curtíssima introdução, Puto Rebelde e Dupla Face são os dois primeiros grandes momentos. Desde logo se percebe que o coletivo sabe construir canções diretas, facilmente percetíveis e de grande impacto quer em álbum, quer ao vivo. Como se virá a comprovar ao longo de todo o disco, estas são as principais características que se manterão. Seja nos inícios de baixo em Sentado no Meio do Chão e Combustão, seja no blues em O Meu Mundo ou seja no momento mais pop no fecho com Isolado. Ou até em outros grande temas como Falsa Crise, Fizeste Tão Mal e Enquanto Ela Se Deita. São canções que pedem sucessivas audições, que anseiam por ser cantaroladas em qualquer lado, mesmo fora dos espetáculos. Porque muitos destes temas de A Cria colam-se de forma viciante criando aquela sensação de comichão cerebral em que as melodias teimam em não nos largar! E é essa a tal eficácia que referíamos anteriormente. Amantes do rock (cantado em português ou não) prestem atenção a este coletivo. E descubram A Cria que não se arrependerão!

Tracklist:
1.      A Cria
2.      Puto Rebelde
3.      Dupla Face
4.      Sentado no Meio do Chão
5.      Combustão
6.      Falsa Crise
7.      Fizeste Tão Mal
8.      Clichê
9.      Revolução
10.  Enquanto Ela se Deita
11.  Pele Rasgada
12.  Orgulho Ferido
13.  O Meu Mundo
14.  Isolado

Line-up:
José Amado – vocais
Emanuel Gouveia – baixo e vocais
Miguel Fernandes – guitarra
Pedro Rosa – guitarra
Ivo Tenreiro – bateria

Internet:


Edição: Cogwheel Records 

7 comentários:

Anónimo disse...

Grande review, sim senhor. Vocês merecem ;)

Anónimo disse...

Finalmente alguem reconhece o trabalhos destes "putos rebeldes" já ouvi dezenas e dezenas de vezes o álbum e não me canso...continuem o bom trabalho pessoal é de bandas como estas que a musica nacinal precisa abç a todos

tuga music disse...

http://www.cogwheelrecords.com/artistas_jointhevulture.html

neste link podem ouvir o trabalho desta grande banda :-D

Anónimo disse...

Parabéns pelo vosso grande trabalho e reconhecimento, bem merecido.O albun é espectacular.

Christophe Teixeira disse...

Grande trabalho!! parabéns!!

Didier Alves disse...

Excelente trabalho malta!!! Já tive oportunidade de vos seguir ao vivo e não há nada que enganar: os vossos concerto são brutais ;-)

Didier Alves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.