domingo, 29 de dezembro de 2013

Review: Amor e Outras Maleitas (A Cepa Torta)

Amor e Outras Maleitas (A Cepa Torta)
(2013, Cogwheel Records)
(5.4/6)

Numa altura em que o canal público recupera, em série, o nascimento do rock português, apraz-nos registar que trinta anos depois ainda surjam nomes nacionais capazes de verdadeiramente surpreender apostando na nossa língua. E, curiosamente, é o insuspeito distrito da Guarda que aparece na vanguarda desse movimento (se calhar não é um movimento no sentido da palavra, mas é algo de relevante!). Depois dos Join The Vulture de Vilar Formoso, é a vez dos A Cepa Torta da Meda. Dois coletivos que fazem das palavras e do rock a sua força; dois coletivos oriundos de pequenas localidades do (cada vez mais) esquecido interior; dois coletivos editados pela conimbricense Cogwheel Records. Muitas coincidências embora na música haja menos. Amor e Outra Maleitas é um disco sensacional. Complexo e cheio de poliritmos e de um enorme dinamismo rítmico. Com brilhantes poemas e uma complexidade métrica e poética que só lembra Jorge Palma ou Sérgio Godinho. Querem um rótulo? Simplesmente rock! Do melhor que se faz em Portugal e com um vocalista que se assume como um dos melhores do atual cenário nacional. Mas seria injusto para os restantes dois elementos só referir Carlos Fial. A bateria de André Branco e o baixo de Bernardo Esteves também têm desempenhos de nível elevado. Tudo junto resulta num trabalho de 9 temas de poderoso rock, brilhantes desempenhos individuais, grandes melodias e monstruosas guitarradas. Obrigatório descobrir!

Tracklist:
1.      C. R. I. S. E. (Coisas Redundantes Inseridas em Sistemático Egocentrismo)
2.     
3.      Maleita
4.      E Assim Jaime Foi Correr o Cão
5.      Febre
6.      Dias de Raiva
7.      Embuste
8.      Em Quanto
9.      Um Pouco Mais

Line-up:
André Branco – bateria e voz
Bernardo Esteves – baixo e voz
Carlos Fial – voz, guitarra e harmónica

Internet:

Edição: Cogwheel Records 

Sem comentários: