domingo, 26 de janeiro de 2014

Review: Lucid Dreams (Lucid Dreams)

Lucid Dreams (Lucid Dreams)
(2013, Rockworks Records)
(4.9/6)

Os Lucid Dreams são uma banda norueguesa que apresentou no final de 2013 o seu trabalho homónimo de estreia. Lucid Dreams é um trabalho bastante eclético e que não é fácil de descrever. Inicialmente remete-nos para um heavy metal clássico dos anos 80, com Iron Maiden à cabeça. Pelo meio vai baralhando as contas evoluindo para outras áreas mais próximas de Metallica e até com algum acrescento de agressividade. Muito diversificado, cheio de pormenores interessantes, com uma assinalável riqueza ao nível dos arranjos, Lucid Dreams apresenta ainda arrepiantes diálogos teclas/guitarras que podem colocar o álbum num terceiro patamar – o do progressivo. Noutro âmbito, merecem um especial reparo a forma técnica e híper-melódica como a banda consegue sacar alguns solos. Ouçam principalmente os dos temas Cassie’s Escape ou For Your Love! Verdadeiramente delicioso! Claro que com tanta diversidade é impossível ter tudo ao mesmo nível. Isso não acontece, porque os Lucid Dreams são uma banda nada dada a estagnações e em todos os momentos arrisca. Seja numa tempestuosa Stormy, seja numa paranoica Paranoia, seja numa épica Wanton Conquest. Para já, como estreia fica uma cabal demonstração de criatividade e de competência técnica, marcando o final de 2013 com um álbum que tem tanto de poderoso como de técnico. E que deixa, de forma merecida, a marca dos Lucid Dreams no cenário internacional de peso.

Tracklist:
1.      Introduction
2.      Cassie’s Escape
3.      For Your Love
4.      Daisy Dukes
5.      Closing The Deal
6.      Lucid Dream
7.      Stormy
8.      Take Me Away
9.      Paranoia
10.  Wanton Conquest
11.  Light In The Sky
12.  When I Die

Line-up:
Fredrik Sindsen – vocais
Jan-Erik Lyso – baixo
Rune Hagen – bateria
Rune Gutuen – guitarras
Adne Olastuen Brandas – guitarras
Thorleif Ostmoe – teclados

Internet:

Sem comentários: