quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Review: Riding A Black Swan (Casablanca)

Riding A Black Swan (Casablanca)
(2014, Gain Entertainment/Sony Music)
(5.4/6)

Casablanca! Estranho nome para uma banda de hard rock. Mas preparem-se porque detrás deste nome está um coletivo capaz de encher as medidas aos mais exigentes fãs do género. Se Apocalytic Youth já tinha deixado boas indicações, Riding A Black Swan, a nova proposta dos suecos, promete muito mais. Isto é simplesmente… hard rock! Verdadeiro, genuíno, intenso, na linha dos grandes nomes do passado e mais atuais, sejam Deep Purple, DAD, Mötley Crüe, Kiss ou Bigelf! Grande atitude, grandes hinos, grandes canções. Guitarras soltas e sacarem solos em cada espacinho, vocais rasgados, secção rítmica frenética. Percebe-se agora a razão da Classic Rock Magazine os ter considerado a melhor banda nova de 2012. E que agora acabam por confirmar. Hail The Liberation (primeiro single e um massivo sucesso nas rádios suecas), Barriers, Heartbreak City ou Just For The Nite são temas que se destacam dentro de um álbum todo ele feito da mais pura casta rockeira. E apenas destinado aos rockeiros de verdade…

Tracklist:
01_The Giant Dreamless Sleep
02_Hail The Liberation
03_Dead End Street Revisited
04_It's Alright
05_Barriers
06_Riding A Black Swan
07_Some Misty Morning
08_Heartbreak City
09_No Devil In Me
10_Just For The Nite

Line-up:
Anders Ljung – vocais
Josephine Forsman – bateria
Ryan Roxie – guitarras
Erik Stenemo – guitarras
Mats Rubarth – baixo

Internet:

Edição: Gain Entertainment/Sony Music

Sem comentários: