sábado, 15 de março de 2014

Review: Masquerade (Kirk)

Masquerade (Kirk)
(2014, Mausoleum Records)
(5.2/6)

11 anos separam a estreia The Final Dance do seu sucessor Masquerade. 11 anos em que os elementos dos Kirk andaram dispersos por outros projetos até se voltarem a reunir para continuarem o que de bom tinham feito anteriormente. E conseguem-no porque Masquerade é um ótimo disco de heavy metal melódico com apontamentos de classic metal e speed metal. O ponto mais forte desde trabalho é o superior desempenho vocal de Thomi Rauch, um vocalista sensacional que canta de forma magistral colocando emoção em cada nota. Por trás existe um conjunto de belas canções, envolventes, fluidas e catchy que resultam na perfeição na voz de Rauch. As melodias estão quase sempre presentes, quer na forma vocal, quer no trabalho instrumental sendo que a referência a Stratovarius aparece várias vezes não só nos temas mais compassados como também, e aí até de forma mais evidente, nos mais rápidos. Curiosamente, os temas na linha stratovariana são os mais bem conseguidos, destacando-se Supersonic Speed, Eternity e, principalmente, Face In The Crowd. Mas também Nothing Else But Lies e o hino Fallen Angel têm melodias que prometem ficar na memória. De forma muito natural e orgânica Masquerade tem todas as condições para se impor no espectro do heavy metal de cariz melódico. Pela produção forte e clara, pelo bom desempenho dos instrumentistas, mas, e acima de tudo pelo mais importante: a existência de grandes canções.

Tracklist:
01. Devil’s Claw
02. Supersonic Speed
03. Masquerade
04. Eternity
05. Fight Or Die Music
06. Nothing Else But Lies
07. Time
08. Tragedy
09. Face In The Crowd
10. The End Of The Universe
11. Fallen Angel

Line-up:
Thomi Rauch - vocais
Sammy Lasagni - guitarras
Daniel Pfister - baixo
Bruno Berger - teclados
Philipp Eichenberger - bateria

Internet:

Edição: MausoleumRecords 

Sem comentários: