sábado, 10 de maio de 2014

Review: Chapa Zero (Chapa Zero)

Chapa Zero (Chapa Zero)
(2014, Ethereal Sound Works)
(5.0/6)

Os Chapa Zero são mais um coletivo de punk rock lisboeta a estrear-se com o trabalho homónimo e a confirmar o dinamismo que o movimento tem registado nos últimos tempos. Mas estes Chapa Zero têm algo de diferente em relação aos restantes nomes de punk rock que temos por aqui analisado. É um punk mais sujo, mais cru e mais direto. Um punk de rua e arruaceiro. Um punk que deixa de lado alguns preceitos técnicos (normalmente já reduzidos no género) mas que se esforça por colocar o dedo na ferida da forma o menos politicamente correta possível. De facto, ninguém escapa ao radar irónico e crítica mordaz do trio (que entretanto já se transformou em quarteto). Futebol, política, crise, sociedade pseudo-VIP, EMEL, forças policiais, meios de comunicação social. Todos são veemente criticados. A produção, a cargo de Vítor Rua (ex-GNR) também tem aquela sensação caseira e de sujidade que acentua a particularidade underground e atitude de rebeldia. Neste conjunto de dez temas (ao qual se deve adicionar uma faixa extra não referenciada e que mais não é que uma versão alternativa de Dizem Por Aí), destaque para a colaboração dessa lenda do punk nacional que é João Pedro Almendra (vocais em É a Crise) e para a introdução do trompete de Nuno Reis em Vai Lá Vai. Estes são, também dois dos temas melhor conseguidos pelos Chapa Zero, principalmente o segundo pela sua vertente inovadora e até jazzística. E se este é um álbum direto e de verdadeiro sentimento e atitude punk não devem faltar aqueles hinos que porão toda a gente a gritar. De facto não faltam e como exemplo indicam-se Queres é Aparecer, É a Crise, Vai Lá Vai e Notícia de Jornal. Noutro momento (Chui, tema vocalizado pelo baixista Nuno Machado) surge um coletivo extremamente agressivo, musical e liricamente, a roçar o hardcore. Portanto, para os indefetíveis fãs do punk que achavam que o género estava a ser demasiado macio, aqui fica a prova que o legado dos Censurados ou Mata Ratos ainda vive e resiste. Agora, até com mais significado.

Tracklist:
1.      Mata & Esfola, Lda.
2.      Matrakilhos
3.      Queres é Aparecer
4.      É a Crise
5.      Dizem Por Aí
6.      É Mel
7.      Vai Lá Vai
8.      Chui
9.      Notícia de Jornal
10.  Chapa Zero

Line-up:
Kaveirinha – voz e guitarras
Nuno Machado – baixo e coros
Alex – bateria

Convidados:
João Pedro Almendra – voz em É a Crise
Nuno Reis – trompete em Vai Lá Vai

Internet:

Sem comentários: