RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Review: Into The Fire (Diesel)

Into The Fire (Diesel)
(2014, Escape Music)
(5.5/6)

Que é feito dos grandes nomes do rock britânico? Daqueles nomes que enchiam estádios? Sem dúvida que as novas tendências musicais (e mesmo do rock) não lhes deixaram espaço. Ficamos contentes por saber que Robert Hart (Bad Company/ Manfred Mann’s Earth Band) e Jim Kirkpatrick (FM) estava juntos num novo projeto: Diesel. O seu álbum está aí, chama-se Into The Fire e tem o selo da (quem haveria de ser?) Escape Music. E para quem procurava este rock da velha tradição britânica (seja mais hard rock, mais hard FM, mais AOR) tem aqui uma cabal e impressionante demonstração de classe. Os Diesel ainda fazem melhor: injetam blues, funk e soul neste conjunto de 12 temas rockeiros. Em algumas fases, os britânicos puxam pelas suas guitarras, mostram-se agressivos e criam fortes doses de hard rock. Love Under Cover, Into The Fire, Brand New Day ou Bitter & Twisted são alguns dos melhores exemplos. Noutras altura são mais soft, um rock aligeirado, com um acentuado radio appeal: Starting Over, So What Is Love, Coming Home, Let’s Take The Long Way Home. Os coros são sempre muito bem conseguidos; as melodias são agradáveis; os solos espalham-se de forma livre e aleatória ao longo das faixas. Sendo certo que é o disco de estreia dos Diesel, o know-how acumulado ao longo dos anos por estes elementos permite que aqui não ocorram falhas. Só grandes músicas a relembrarem os majestosos momentos do rock britânico de há alguns anos. E que tão bem sabe recuperar…

Tracklist:
01 Love Under Cover
02 Into The Fire
03 Starting Over
04 Fortune Favours The Brave
05 Brand New Day
06 Bitter & Twisted
07 So What Is Love
08 Lets Take The Long Way Home
09 Told You So
10 What You See Ain't What You Get
11 Skin & Bone
12 Coming Home

Line-up:
Robert Hart – vocais
Jim Kirkpatrick – guitarras, teclados, percussão
Jimmy Copley – bateria
Pat Davey – baixoBass.

Convidados:
Adam Wakeman – teclados
Steve Overland – Backing vocals, e guitarras em Coming Home.
Alisdair McKenzie – Sopros em Brand New Day.

Edição: Escape Music 

Comentários