RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Review: Red Moon Rising (Perfect View)

Red Moon Rising (Perfect View)
(2014, Avenue Of Allies Records)
(5.6/6)

Quase quatro anos depois os italianos Perfect View estão de regresso aos discos com mais um trabalho de belíssimo efeito: Red Moon Rising. É interessante ver como este quinteto de Modena consegue cruzar melodic rock, AOR e até algum progressivo, baseando o seu trabalho em fortes harmonias e melodias muito catchy conseguindo manter o espaço que os teclados costumam usufruir neste género. Mas o elemento fundamental, na nossa opinião, é o trabalho de guitarra muito bem conseguido a todos os níveis: ritmos, harmonias e solos, apresentando-se, por vezes, bem pesada. É, de facto, uma mais-valia para Red Moon Rising, um disco que, apesar disso, não perde a sua sensibilidade radiofónica. Room 14, a balada I Will Remember, Living In Disguise, Holdin’ On e a versão dos Toto, Home Of The Brave são os melhores momentos. In The Name Of The Father é o tema mais heavy do disco e Dead End Street o mais progressivo, chegando a aproximar-se de uns Dream Theater, essencialmente, devido ao timbre vocal de Max Ordine. Saúda-se, também, o regresso da editora germânica Avenue Of Allies às edições e logo com um disco de muito bom nível e que certamente agradará a todos os fãs deste género.

Tracklist:
 1) Where The Wind Blows
2) By My Side
3) Room 14
4) Slave To The Empire
5) I Will Remember
6) In The Name Of The Father
7) Living In Disguise
8) Dead End Street
9) Holdin’ On
10) In A Blink Of An Eye
11) Home Of The Brave

Line-up:
Max Ordine - vocais
Francesco Cataldo - guitarras
Pier Mazzini – teclados
Frank Paulis – baixo
Luca Ferraresi – bateria

Convidados:
Michele Luppi: backing vocals em By My Side
Giacomo Gigantelli –backing vocals em Slave To The Empire

Internet:

Comentários