RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Review: Neverstore (Neverstore)

Neverstore (Neverstore)
(2014, Gain Music)
(4.9/6)

Depois de três álbuns, cinco anos em tournée e vencer os MTV Awards em dois anos consecutivos, os Neverstore já não são uns desconhecidos. Todavia, a banda sentiu necessidade de parar para respirar. Por isso, os temas deste trabalho homónimo foram crescendo durante três anos. Embora o resultado não apresente surpresas. Há por aqui doses maciças de punk rock para os fãs de bandas como Greed Day ou Offspring. Ou seja, poder nas guitarras (com um som compacto e muito balanceamento), energia na bateria e melodias nos vocais. Fica é pouco espaço para a imprevisibilidade e isso nota-se, principalmente, na primeira metade do disco sempre em alta rotação mas algo repetitivo. É, no entanto, aqui que estão as melodias mais orelhudas: For The Rest Of My Life e Work Eat Sleep Repeat. Para a segunda metade, a coisa melhora com a inclusão de elementos acústicos (Show You The World acaba por ter uma erupção vulcânica a meio mas Do You Miss Me? é totalmente acústica) a até de piano no épico de mais de oito minutos, In My Neighborhood – faixa também ela marcante pela diversidade rítmica. Piano que repete a aparição no inesperado tema final, intimista, despido, só com voz e piano com alguns elementos sinfónicos. Esta segunda metade tem o refrão mais pegajoso em Degrading, mas marca mais pela forma como os Neverstore se reinventam e são capazes de procurar outros territórios. Mas não se deixem enganar: os riffs poderosos continuam a ser a principal imagem do trio sueco!

Tracklist:
0 1. For The Rest Of My Life
0 2. My Own Paradise
0 3. Bullets And Quicksand
04. Work Eat Sleep Repeat
05. Unbreakable
06. Got My Heart To The Left
07. Show You The World
08. Good Time For Desaster
09. Degrading
10. Do You Miss Me?
11. In My Neighborhood
12. Lost

Line-up:
Jacob Widén – guitarra e vocais
Oscar Kempe – baixo e vocais
Erik Lantz - bateria

Internet:

Edição: Gain Music

Comentários