sábado, 21 de fevereiro de 2015

Review: Our Nation (Waterland)

Our Nation (Waterland)
(2015, Independente)
(5.4/6)

Ainda deve haver por aí muito boa gente cheia de saudades dos Oratory. A banda barcelense deixou um vazio no campo do power metal melódico difícil de colmatar. Curiosamente, é de novo a partir de Barcelos e com alguns elementos ex-Oratory (nomeadamente Miguel Gomes) que esse espaço está a ser ocupado com os Waterland que já haviam surpreendido em 2010 com Virtual Time e voltam à carga agora com Our Nation. Contem com hinos melódicos de encher os ouvidos, contem com impressionantes duelos de guitarras/teclas nos solos, contem com um arrojado trabalho ao nível dos coros (claramente um ponto de relevante evolução), contem com uma grande diversidade vocal (os já citados coros, vocais masculinos, femininos e até guturais). Neste particular, destaque para a voz limpa masculina com um belo trabalho, bem notório na emotividade que transpõe para a belíssima balada Land Of Dreams. Com maior ou menos incidência os guturais aparecem alguns temas, embora nos pareçam completamente desnecessários. A suavidade geral dos temas, a superior melodia conseguida e os belíssimos desempenhos dos instrumentistas, dispensavam perfeitamente essa vertente. O disco vai variando entre temas rápidos (que tem zonas calmas) e temas a meio tempo (que por momentos aceleram), instrumentalmente competentes (já referimos a qualidade acima da média dos solos) embora o destaque acabe sempre por ser… as melodias pegajosas. Portanto, o trono do power metal melódico nacional continua em Barcelos. Indiscutivelmente.

Tracklist:
1. Destiny III
2. Fire Burning
3. Our Nation
4. Dreams We Lost
5. Another Star
6. Room 45
7. Secrets Of Mind
8. Demons Eyes
9. Starlight
10. Back To beginning
11. Land Of Dreams
12. Legions Of New Times
13. Until The End

Line-up:
Paulo Pires: vocais
Miriam Dias: vocais
Miguel Gomes: guitarras
Tó Silva: teclados
Tiago Moreira: bateria
Ivan Batista: baixo

Internet:

Sem comentários: