sábado, 21 de março de 2015

Review: The Sex Tapes (Suicide Bombers)

The Sex Tapes (Suicide Bombers)
(2015, Independente)
(5.4/6)

Curiosa e novadora a ideia dos Suicide Bombers. O seu miniálbum The Sex Tapes cruza música com ficheiros de som, narrações e diálogos por forma a criar o melhor filme nunca feito, na opinião do quarteto. Por isso, uma intro, uma outro, 5 interlúdios e 6 verdadeiras canções completam estes trabalho. As faixas introdutórias servem para localizar a ação no tempo e espaço e como de forma de introduzir a temática a abordar nos restantes 6 temas. E o que o que nos trazem estas seis canções? Hard rock na sua vertente glam como se os Suicide Bombers vivessem em LA nos anos 80. Atitude provocante, decadência, sexo e álcool na forma de rock ‘n’ roll. Uma linhagem que descende diretamente dos grande nomes do género como Mötley Crüe, Poison e Cinderella ou mesmo, indo até às mais remotas origens – os KISS. Anunciam-se como a banda mais explosiva da história. Poderá haver aqui algum exagero, mas energia e dinamite há por ali em quantidade suficiente para colocar os seus fãs (e os dos outros) em polvorosa! Vocais arranhados, guitarras libertinas e uma secção rítmica dinâmica e… explosiva associam-se para criar um conjunto de temas bem definidos, melódicos e cheios de atitude. E numa altura em que o revivalismo começa a dar uma nova oportunidade às bandas californianas dos anos 80 que entretanto desapareceram é salutar referir que a alguns milhares de quilómetros de distância de LA, no ano de 2015, há outras bandas a fazerem este género de hard rock. Bandas cheias de vitalidade, energia e, acima de tudo, muita qualidade!

Tracklist:
1.      Intro: The Sex Tapes/Tokyo, Japan – Midnight
2.      Bladerunner (Tokyo Nights)
3.      Intro: Los Angeles, California, USA – 21:30
4.      IKill (Suicide Romeo)
5.      Intro: The Orion Nebula – 06:15
6.      Planets Collide
7.      Intro: Oslo, Norway – 19:32
8.      X. I. Thing
9.      Intro: Moscow, Russia – 11.59
10.  Boyfriend (Sha-La-La)
11.  Intro: Backstreet Island – The Night Before
12.  Devolicious Boys
13.  Outro: The Sex Tapes/… Over & Motherfucking Out!

Line-up:
Chris Damien Doll (The Sleaze Fuhrer) – vocais e guitarra ritmo
Lazy Leather (The Sex Gunslinger) – guitarra solo
C. Slim (The Thunder Mechanic) – baixo
T-Bone (The Outlaw Groover) – bateria

Internet:

Sem comentários: