sábado, 18 de abril de 2015

Review: First Blood (SpeeDemon)

First Blood (SpeeDemon)
(2015, Speed On! Records)
(5.8/6)

Os SpeeDemon nasceram em 2011 e, à semelhança de muitas bandas, os primeiros tempos foram de sucessivas mudanças de formação. Nada que fizesse o núcleo duro da banda esmorecer e o resultado está aí á vista: o primeiro EP de 4 temas intitulado First Blood. E que grande estreia meus amigos! Claramente uma das grandes revelações desta primeira metade de 2015. Imaginem um speed metal sujo como faziam, por exemplo, uns Running Wild e agora cruzem-no com um thrash metal técnico e old school – os seminais Death Angel vem muito à memória. Depois atualizem o som com um heavy metal poderoso como os Gloryful, por exemplo. Percebem a grandeza da coisa? Guitarras potentes nas bases mas genialmente melódicas nos solos e nas harmonias. Vocais agressivos qb, mas sempre percetíveis. Uma secção rítmica qual locomotiva capaz de puxar toda essa energia. Como os SpeeDemon afirmam, não pretendem ser inovadores. De facto não o são mas isso não impede de apresentarem um EP de excelência com 4 temas que vão deliciar os fãs desde o thrash ao metal mais tradicional. Grande trabalho malta – mal podemos esperar para ouvir algo mais substancial…

Tracklist:
1.      Feeding The Storm
2.      Messenger Of God
3.      Blood Runs Cold
4.      Road To Madness

Line-up:
Marujo – baixo
Bicho – guitarras
Bruno – guitarras e vocais
Meco – bateria (em #1, #2 e #3)
Alexandre Branco – bateria (em #4)
Hugo Pote – bateria (membro atual residente)

Internet:

Sem comentários: