sábado, 30 de maio de 2015

Review: Lost Salvation (Furyon)

Lost Salvation (Furyon)
(2015, Dream Records/Cargo Records)
(4.7/6)

Uma enorme diversidade vocal, bases de guitarra extremamente potentes e frequentemente dark, com uma afinação quase sempre sobre o grave, muito groove e solos excêntricos pode ser uma boa maneira de descrever o que os Furyon fazem. Já o fizeram em Gravitas mas para o seu novo disco, Lost Salvation, aprimoraram a fórmula. Embora, aparentemente, também a tenham tornado um pouco mais confusa. Há uma tentativa deliberada de introduzir linhas melódicas em tanta densidade de guitarras e peso e o acréscimo de camadas torna os temas pouco escorreitos. A descrição inicial poderá indiciar a existência de algum doom e, de facto, não sendo o forte dos Furyon, ele surge dissimulado em todo o álbum e mais descaradamente em Scapegoat. Já antes, These Four Walls introduz alguma variabilidade com ritmos orientais num tema bastante fragmentado e que, por via disso, permite uma melhor respiração por se tornar menos opressivo. Agora, claramente Lost Salvation ganha uma nova alma quando surgem os diálogos entre os guitarristas, num estilo verdadeiramente clássico. E felizmente, isso acontece muitas vezes.

Tracklist:
1. All That I Have
2. Lost Salvation
3. These Four Walls
4. Scapegoat
5. Resurrect Me
6. Left It With The Gods
7. Good Sky
8. Dematerialize
9. What You Need
10. Wiseman

Line-up:
Matt Mitchell - vocais
Alex "Nickel" Bowen - baixo
Lee Farmery - bateria
Luca Faraone - guitarras
Tiago Rosado – guitarras

Internet:

Sem comentários: