terça-feira, 23 de junho de 2015

Review: Argonautica (Sacred Blood)

Argonautica (Sacred Blood)
(2015, Pitch Black Records)
(5.1/6)

Sucedendo a Alexandros de 2012, os Sacred Blood estão de regresso com o seu terceiro trabalho Argonautica. Uma introdução sinfónica abre uma viagem pelos dez seguintes temas onde o metal de forte componente épica, com o nome de Virgin Steele a surgir frequentemente, é muitas vezes enriquecido por elementos folk, celta, corais e sinfónicos. Paradoxalmente, Argonautica é um trabalho apetrechado de apontamentos de grande criatividade, apesar de, no aspeto geral, os temas nem serem muito convincentes, principalmente devido a uma prestação vocal que deixa algo a desejar. E acaba por ser a adição desses elementos que melhoram um pouco a apreciação geral deste trabalho dos gregos. Por exemplo, os coros iniciais em Hellenic Steel, os teclados muito criativos em Hail The Heroes, a velocidade e melodia épicas em Legacy Of The Lyre, o registo unplugged de O’er The Tomb (Beyond The Pillares Of Heracles). Como se percebe, situações pontuais que, mesmo assim, têm o condão de transformar os temas em algo mais que banais. E depois há momentos verdadeiramente marcantes que são as duas partes de The Golden Fleecee que deixam uma marca final de qualidade. Quem gosta de metal épico tem, definitivamente, aqui uma proposta que poderá interessar, apesar de acharmos que os Sacred Blood apresentam argumentos para conseguir fazer muito melhor.

Tracklist:
1. Legends Of The Sea – The Epic Of Apollonius (Argonautica)
2. Hellenic Steel
3. Hail The Heroes
4. Legacy Of The Lyre
5. To Lands No Man Hath Seen
6. Call Of Blood
7. O’er The Tomb (Beyond The Pillars Of Heracles)
8. Friend Or Foe
9. Enchantress Of The East
10. The Golden Fleece Pt.I
11. The Golden Fleece Pt.II

Line-Up:
Epeios Phocaeus: vocais, coros
Polydeykis: guitarras, teclados, órgãos folk
George Karahalios: bateria

Internet:

Sem comentários: