quinta-feira, 4 de junho de 2015

Review: Matthew K (Matthew K)

Matthew K (Matthew K)
(2015, The Rough And Tumble Label)
(4.4/6)

Desde já alertamos que este disco não é, definitivamente, a nossa praia. Portanto, os menos abertos a sonoridades diferenciadas podem parar já por aqui. Matthew K é uma das novas sensações vocais a chegar do lado de lá do Atlântico e começa a dar que falar com a sua sensibilidade pop de cariz internacional. Esta estreia homónima foi gravada, misturada e masterizada nos EUA, Reino Unido e Austrália e mostra-nos um conjunto de canções soft, onde a utilização de texturas de piano, guitarras acústicas e apontamentos sinfónicos se cruzam para criar melodias com um enorme radio appeal. Ponto forte é a capacidade vocal de Matthew K que tem ainda a coragem de arriscar sair da sua zona de conforto cantando um tema em espanhol – Cuento del Amor e uma versão de Ave Maria de Franz Schubert em italiano – saindo-se bem melhor no primeiro que no segundo. Embora o disco não esteja claramente orientado para os mais rockeiros, a verdade é que algumas melodias à lá Beach Boys, algum feeling country e bluesy (principalmente devido ao uso aqui e ali da slide guitar) e os pianos a lembrar Elton John fazem de Matthew K um disco minimamente interessante. Suscetível de agradar a quem gosta de ambientes mais pop não cai nunca na popalhada fatela que vai entupindo as nossas ondas radiofónicas. E esse é o seu grande trunfo – pop sim, mas com canções e sentimento.

Tracklist:
1.      Home
2.      I Love These Days
3.      Aurora
4.      Half Life
5.      Only Hope
6.      Light A Candle
7.      Story Of Love
8.      Chasing Shadows
9.      Some Distant Day
10.  Where Does Our Love Go
11.  Cuento del Amor
12.  Ave Maria

Internet:

Sem comentários: