quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Review: Saying Of The Seers (Valley Of The Sun)

Saying Of The Seers (Valley Of The Sun)
(2015, Bilocation Records/Kozmik Artifactz)
(5.5/6)

Lançado original e independentemente em 2011, Saying Of The Seers causou algum burburinho no seio underground pela sua sonoridade distorcida, com vocais altos e sempre limpos e pelas suas maciças doses de riffs. Essencialmente por isso, com os riffs a sucederem-se sistematicamente ofuscando os solos que surgem timidamente, embora quando isso acontece até sejam interessantes, apesar de relativamente simples e algo estratosféricos. E, já agora, também pela presença de um groove distorcido e apelativo. Um stoner rock de grande qualidade indiscutivelmente. Quatro anos se passaram e os Valley Of The Sun, banda originária de Ohio, surgem com um novo lançamento deste trabalho, em vinil e com a adição de dois temas extra. Esta nova proposta mostra um claro desequilíbrio entre as faces A e B do vinil, com a primeira num patamar elevadíssimo de qualidade (a fazer jus ao tal burburinho causado aquando da primeira edição) e a segunda, mais experimental e acústica, uns bons furos abaixo. O primeiro aparecimento de elementos acústicos surge em Aquarius, o tema que abre o lado B, num break até bem conseguido; depois vem Riding The Dunes, um tema ao nível do lado A. E para o fim, dois temas essencialmente acústicos – um, People, mais experimental e menos interessante e o outro, a versão acústica de Riding The Dunes, uma das canções que, sinceramente, não precisava de versão nenhuma. Para quem já dispunha da primeira edição, esta não acrescenta nada; para quem passou ao lado do disco de 2011, este novo lançamento tem muito interesse pois, apesar de tudo, permite tomar contacto com um dos mais agradáveis projetos dentro do stoner rock… quando se limitam a fazer stoner rock e não inventam!

Tracklist:
1.      Hearts Aflame
2.      Deep Light Burns
3.      Mariners Tale
4.      Aquarius
5.      Riding The Dunes
6.      People
7.      Riding The Dunes Acoustic


Line-Up:
Ryan Ferrier – guitarras/vocais
Aaron Boyer - bateria

Internet:
Facebook     

Edição: Kozmik Artifactz    

Sem comentários: