domingo, 27 de setembro de 2015

INFO: guitarrista contemplativo Tom Caufield dá um passo em frente com sexto álbum

Tom Caufield é um guitarrista contemplativo com um estilo melódico raro e apesar da sua música compartilhar traços com a música ambiente, consegue apresentar melodias cantaroláveis bem identificadas. Os seus temas são construídos nas tradicionais estruturas verso-refrão-bridge, ou seja, uma boa notícia para quem gosta de música relaxante e ganchos melódicos. O sexto álbum Things I Heard While In The Womb, marca, também, um avanço em relação ao seu passado confirmando as promessas de criar algo completamente original – a sua própria visão do que pode ser feito com guitarra acústica num álbum moderno. Depois de quatro discos mais contemplativos, do género o guitarrista sozinho numa catedral, Caufield apresenta agora algo bastante mais profundo próximo de um prog rock dos anos 70. O longo épico de 23 minutos da abertura Waif Among The Reeds pode ser comparado a clássicos como Music For Airports de Brian Eno ou Ommadawn de Mike Oldfield. Segundo o autor, a influência veio mesmo de tentar imaginar como soariam Eric Clapton ou Carlos Santana se pegassem numa guitarra depois de horas imersos em Dark Side Of The Moon dos Pink Floyd. E no seu conjunto a fórmula funciona – uma construção frásica com blues, pop, folk, espanholadas, baixo acústico suave e macio, bateria quase sempre executada com escovas e os inconfundíveis toques da Fender Rhodes, do Hammond e do sintetizador Moog. Para além de tudo isso, Tom Caufield descobriu outro elemento fundamental neste seu registo: a improvisação que agora é adicionada às suas capacidades como compositor. A música de Things I Heard While In The Womb é definitivamente uma música para abrandar o implacável ritmo da vida. O seu objectivo é transmitir emoção de uma forma tão direta quanto possível, deixando ao ouvinte muito espaço para se encontrar consigo próprio dentro de cada música. Sem arranjos complexos nem partes rápidas, Things I Heard While In The Womb é um disco minimalista e capaz de criar experiências relaxantes e envolventes.

Line-up:
Tom Caufield – todos os instrumentos

Tracklist:
1.      Waif Among The Reeds
2.      Rubies On Fallen Leaves
3.      Palace Of Broken Mirrors

Sem comentários: