terça-feira, 8 de setembro de 2015

Review: Dynamite (Dygitals)

Dynamite (Digitals)
(2015, Mausoleum Records)
(5.4/6)

O segundo tema deste disco é perfeitamente esclarecedor: 30 Years Of Rock! Nem mais – os Dygitals nasceram em França corria o ano de 1984 e desde cedo causaram algum burburinho… até o grunge (outra vez esse maldito!) os ter despachado. Houve uma ou outra reunião fugaz, nos anos de 2003 e 2005 com um álbum em cada uma delas, mas é agora, com uma conjuntura mais favorável que estes irredutíveis gauleses regressam para ficar. Em 2012 com Ave e este ano com Dynamite, um disco em que o nome não engana mesmo nada. Esta rodela é explosiva e é capaz de soar atualizada e, ao mesmo tempo, perfeitamente identificativa do tradicional som Dygitals. E quando falamos desse som, lembramos o heavy metal clássico desde os Iron Maiden aos Twisted Sister, sem esquecer os compatriotas Trust, embora com a curiosidade presente de um piscar de olhos às ondas californianas de Ratt ou Mötley Crüe. Dynamite é, por isso, um disco ligado aos anos 80 mas capaz de olhar para o século XXI com uma dose revitalizada de metal e cheio de atitude, presença e maturidade. E desta vez não vai haver ninguém que pare os Dygitals!

Tracklist:
01. Dynamite
02. 30 Years Of Rock
03. No Speed Limit
04. Sin City
05. Everybody Knows
06. Will You Help Me
07. No Way Out
08. We Wanna Live Free
09. Don’t Want To Let You Down
10. End Of The Story

Line-Up:
Herve Traisnel – vocais
David Dugaro – guitarra solo
Jean-Marc Lavayssière – guitarra ritmo
Jack Gayffier – baixo
Alain Clouet – bateria

Internet:
Facebook     
Website    
Youtube    

Edição: Mausoleum Records     

Sem comentários: