terça-feira, 29 de setembro de 2015

Review: The Overlords Of The Cosmic Revelation (Leroy Powell And The Messengers)

The Overlords Of The Cosmic Revelation (Leroy Powell And The Messengers)
(2015, Cleopatra Records)
(5.5/6)

Imaginem o resultado da junção de guitarras sulistas, vocais e melodias pop, arranjos country e teclados psicadélicos num disco que tanto soa a rock dos anos 60 e 70 como se revela imensamente refrescante. Uma junção e um paradoxo só facilmente explicados quando se ouve The Overlords Of The Cosmic Revelation de Leroy Powel And The Messengers. Desde a introdução Weightlessness, sensacional, onde a guitarra acústica, a elétrica e o órgão se conjugam na perfeição até ao final com Checking Out, num registo eletroacústico de fazer corar de inveja os The Beatles, há nesta rodela material para convencer os mais exigentes consumidores de rock. Destacamos a melodia pop anos 60 com grande trabalho ao nível dos coros em Time Flies; a claramente orientada para o hard rock com sensacionais nuances rítmicas e estruturais que é Kink Kong; a compassada e cheia de groove faixa que batiza o álbum; a estranha e complexa Liz; a suave balada acústica Star e, aquele que quanto a nós é o melhor tema do disco, a soberba Death Machine. The Overlords Of The Cosmic Revelation apresenta Leroy Powell e o seu conjunto de cowboys com um exímio trabalho ao nível dos arranjos vocais de superior qualidade quer a solo, quer nos coros. Associado isso, há um trabalho instrumental de eleição e um conjunto de grandes músicas, daquelas que dão um prazer do caraças ouvir vezes sem fim… Pena algumas baixas de intensidade com alguns momentos mais banais no meio do disco. Não fora isso e estaríamos, certamente, a falar de um dos melhores registos do ano.

Tracklist:
1.      Weightlessness
2.      Time Flies
3.      King Kong
4.      The Overlords Of The Cosmic Revelation
5.      Rising
6.      Brave New World
7.      Lost In The Future
8.      Liz
9.      Brainscan
10.  Star
11.  Death Machine
12.  Checking Out

Line-Up:
Leroy Powell – guitarras, sintetizadores e vocais
Dean Tomasek – baixo
Adam Box – bateria
Hugh Mitchell – backing vocals
Chris Powell – bateria e percussões

Internet:
Website    
Twitter   
Youtube    
Facebook   

Edição: Cleopatra Records   

Sem comentários: