sábado, 24 de outubro de 2015

Flash-Review: Flesh (Heylel)


Álbum: Flesh
Artista: Heylel   
Editora:  Interstellar Cloud
Ano: 2015
Origem:  Portugal
Género: Alternative metal/prog metal
Classificação: 5.5/6
Breve descrição: cerca de um ano depois de Nebulae, Narciso Monteiro regressa com os Heylel e um EP de cinco temas. Claramente diferente do álbum anterior, Flesh marca um passo em frente no processo criativo do trio nortenho, menos orientado para o rock progressivo e mais para o metal alternativo, com as guitarras mais presentes. Um EP de cinco temas mas que, ainda assim, se pode dividir em três fases. A primeira (incluindo os dois primeiros temas) com belas guitarras em sucessivo trabalho e teclados a criar ambiências; uma segunda com os dois temas finais mais experimentais e maquinais; e o tema central uma belíssima balada cheia de emotividade.
Highlights: Saints, Heritage, An Old Man’s Tale
Para fãs de:  In The Woods, The Gathering, Rush, Anathema, Pink Floyd

Tracklist:
1.      Saints
2.      Heritage
3.      An Old Man’s Tale
4.      Denial
5.      Paranoid Hysteria

Line-up:
Ana Batista – vocais
Filipe Braga – bateria
Narciso Monteiro – guitarras, baixo, teclados

Convidado:
Paulo Rodrigues – vocais em # 1 e # 4

Sem comentários: