quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Review: Artigo 21 (Artigo 21)

Artigo 21 (Artigo 21)
(2015, Infected Records)
(5.7/6)

Estamos cada vez mais convencidos que o punk rock feito em Portugal está no top 3 mundial. Desde os imortais nomes de Peste & Sida ou Censurados até aos mais atuais Gazua, Punk Sinatra, Viralata, Tiro No Escuro, entre outros, somos assaltados por discos de enorme qualidade dentro do género. Os Artigo 21 são outro dos nomes a ter em conta e o seu homónimo disco de estreia não deve passar despercebido. O seu punk rock chega a roçar o metal nomeadamente ao nível de alguns riffs, nos solos e até em algumas twin guitars que surgem esporadicamente. Mas claro que a forte componente se situa na área do punk pesado, agressivo, veloz mas melódico com o poder de uma bateria devastadora e de riffs musculados cruzados uma enorme musicalidade, refrães cantaroláveis e um baixo com um impressionante swing. As letras, aspeto sempre importante a ter em conta neste género, são bem conseguidas, afirmando-se pela inteligência sem perder um mínimo de inconformismo nem de intervencionismo. E já que se fala de punk, não podia deixar de se falar no já saudoso João Ribas, aqui homenageado de forma emocionada com um dos temas mais fortes do disco – Sem Herói. Mas o quinteto lisboeta nascido em 2012 assina ainda outros temas de grande qualidade que prometem por toda a gente a saltar e a berrar as suas letras. Ser Capaz, Mudança, Espera Por Mim, Utopia ou Contradição são algumas das principais referências de um disco marcante no cenário musical nacional.

Tracklist:
1.      Ser Capaz
2.      Mudança
3.      Preconceituoso
4.      Espera Por Mim
5.      Ódio Não É Amor
6.      Utopia
7.      Contradição
8.      Máscara
9.      Estou Parado
10.  Hopenhaga
11.  Sem Herói
12.  Dia a Dia

Line-Up:
Cardoso – vocais
Nika – bateria
Xico – guitarra e coros
Aureo – baixo e coros
Daniel – guitarra e coros

Internet:
Facebook    

Edição: Infected Records     

Sem comentários: