domingo, 6 de dezembro de 2015

INFO: Tarpan Records com dois novos lançamentos

A Tarpan Records tem dois novos álbuns no mercado. O mais recente é um disco de Natal assinado pela cantora e compositora norte-americana sediada em Hong Kong, Jennifer Saran, aka Jennifer Hill. Este primeiro álbum da cantora chama-se Merry Christmas, You Are Loved (4.3/6) foi produzido pelo mago Narada Michael Walden e já está disponível física e digitalmente desde 20 de novembro. Desde sempre o Natal foi uma época querida de Jennifer Saran e quando surgiu a oportunidade de gravar um disco sobre essa temática com Narada Michael Walden, a cantora não olhou para trás e começou a preparar um disco moderno. O álbum apresenta uma mistura de temas originais escritos por Narada e Jennifer com versões de temas de Natal. Neste segundo grupo há canções tradicionais (Oh Come Oh Ye Faithful, O Holy Night e Hark The Herald Angels Sing), bem como temas mais recentes como a cover de Merry Christmas Darling dos The Carpenters ou o clássico Baby It’s Cold Outside. Musicalmente, é um álbum muito abrangente variando desde baladas a temas up-tempo com acentuado groove, não faltando também o swing e o gospel. Para a interpretação destas canções, Narada Michael Walden juntou um notável conjunto de músicos tais como Frank Martin nos teclados, Angeline Saris no baixo e vocais, Matthew Charles Heulitt e José Neto nas guitarras. O primeiro álbum de originais de Jennifer Saran está agendado para março de 2016, também numa edição da Tarpan Records. Narada compôs as músicas, Jennifer escreveu as letras e empresta a sua voz num álbum que se espera ao nível de Whitney Houston, Mariah Carey ou Aretha Franklin.
O segundo disco, já no mercado desde 30 de outubro deste ano, é o novo lançamento do próprio Narada Michael Walden que tem como título Evolution (4.8/6). Esta nova proposta representa uma mudança de sonoridade em relação ao álbum anterior do galardoado produtor, verificando-se um regresso às suas origens na dance music, club, funk e soul. Recorde-se que Narada já produziu nomes como Aretha Franklin, Whitney Houston, George Michael, Mariah Carey, Ray Charles, Lionel Ritchie, Elton John, Sting, Carlos Santana, Stevie Wonder, Tom Jones, entre outros. Foi, também, premiado com Grammy na categoria de Produtor do Ano em 1988, Álbum do Ano para a banda sonora do filme O Guarda-Costas, em 1993 e canção R & B do Ano em 1985 com Freeway Of Love de Aretha Franklin. A Billboard Magazine também o referenciou como um dos "dez maiores produtores, com o maior número de Hits a atingirem o número 1". Tão impressionante como o seu curriculum como produtor e compositor é a sua prestação como artista. Começou como baterista da Mahavishnu Orchestra de John McLaughlin e andou em tournée com Jeff Beck, Tommy Bolin e Weather Report. Com doze álbuns assinados em seu nome, o seu trabalho também inclui as bandas sonoras de filmes como O Guarda Costas, Free Willy, Beverly Hills Cops 2, 9 Semanas e Meia e Stuart Little. Destaque ainda para a sua colaboração no tema de Gladys Knight License To Kill do filme de James Bond; em Nothing Gona Stop Us Now dos Jefferson Starship em Mannequin e o Emmy para o tema One Moment In Time, o tema dos Jogos Olímpicos de 1988. Para este álbum Evolution, recrutou um conjunto de músicos talentosos como Nikita Germaine (Stevie Wonder, Chaka Khan, James Taylor) nos vocais; Frank Martin (Angela Bofil, John Handy Band, Sting) nos teclados, Angeline Saris (Gretchen Menn, Zepperella) no baixo e vocais e Matthew Charles Heulitt (Zigaboo Modaliste) nas guitarras. O álbum apresenta material essencialmente original com duas coversFreedom de Richie Havens e The Lond And Winding Road de John Lennon e Paul McCartney.

Sem comentários: