terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Review: Alive 25 (Wild Frontier)

Alive 25 (Wild Frontier)
(2015, Prime Entertainment)
(5.6/6)

25 anos de carreira, cinco álbuns e um EP. Motivos mais que suficientes para festejar junto de fãs e amigos essa bela data de um quarto de século a fazer bom hard rock. É o que acontece aos Wild Frontier que em Alive 25 apresenta os 16 melhores momentos da sua história. Assim, do álbum de estreia One Way To Heaven (1995) estão presentes os temas Bad Town’s Side e I Can’t Believe; de Thousand Miles Away (1998) está presente o tema título, Too Late e The End Of The Road; retirados de Stick Your Neck Out, de 2003, estão Alive, Shake Your Body, Wild Wind Blows e We Will Be One; de Bite The Bullet (2007) marcam presença Anything You Want, Don’t Walk Away, One Heart One Soul e Surrounded; finalmente da mais recente proposta intitulada 2012 (do mesmo ano), surgem mais três temas – To The End Of The World, Why Don’t You Save Me e It’s All Over Now. Equilíbrio na distribuição dos temas pelos álbuns, equilíbrio na escolha das canções, equilíbrio numa prestação sóbria e sólida ao vivo, sendo que para o encore (dois temas finais) estão guardados os melhores momentos, na nossa opinião. Para os fãs é o registo de um momento histórico da banda; para quem não conhece este clássico coletivo germânico, é uma boa solução para ficar a conhecer de forma transversal o trajeto que a banda tem vindo a desenvolver. Seja como for, aconselhado apenas a fãs do hard rock mais tradicional.

Tracklist:
1. Anything You Want
2. Bad Town´s Side
3. Alive
4. To The End of The World
5. Don´t Walk Away
6. Thousand Miles Away
7. One Heart One Soul
8. Shake Your Body
9. Wild Wind Blows
10. Too Late
11. Why Don´t You Save Me
12. I Can´t Believe
13. The End of The Road
14. It´s All Over Now (5)
15. Surrounded
16. We Will Be One

Line-Up:
Jens Walkenhorst – vocais, guitarras
Mario Erdmann – baixo
Thomas Ellenberger – teclados
Sascha Fahrenbach – guitarras
Nico Fahrenbach - bateria

Internet:
Website    
Facebook   

Edição: Prime Entertainment   

Sem comentários: