quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Review: Totally Driven (Uriah Heep)

Totally Driven (Uriah Heep)
(2015, Huriah Heep Records/Cherry Red Records)
(5.7/6)

Uriah Heep - considerados um dos 4 grandes e históricos coletivos do hard rock/heavy metal do final dos anos 60/inícios dos anos 70, juntamente com Deep Purple, Led Zeppelin e Black Sabbath. Destacavam-se dos demais pelas harmonias vocais (todos os elementos cantavam), pelo uso do Hammond B3 e pela guitarra com pedal wah-wah, embora, ao contrário dos restantes, nunca tivesse atingido grande popularidade nos EUA. Entre discos de originais, live albums e coletâneas, são já incontáveis os lançamentos dos Heep. Depois de um novo álbum de originais lançado o ano passado, Outsider, a banda relança, naquele que é primeiro registo com o selo da sua própria editora, a Uriah Heep Records, a compilação Totally Driven. São, no total, 27 temas clássicos, memoráveis e intemporais escritos por uma das melhores bandas de hard rock de sempre e completamente regravados em 2001 com o mais mítico de todos os line-ups da banda. Este material foi registado aquando da preparação dos concertos Acoustically Driven e Electrically Driven e já havia sido lançado sob a denominação algo confusa de Remasters. Verdadeiramente inovador neste conjunto de temas clássicos é a inclusão de um ensemble de cordas e o recurso a flautas, coros e guitarras acústicas que ajudam a transformar uma bela coleção de temas em algo cheio de magia. O resto já é de todos conhecido: baixo com grande personalidade e groove, belíssimas harmonias vocais, bateria com fantásticas dinâmicas, utilização inteligente e criteriosa do Hammond. Totally Driven é uma belíssima coleção que ilustra na perfeição toda a qualidade de uma das bandas com maior longevidade no hard rock e uma forma perfeita para os fãs mais jovens se entrosarem com o som dos britânicos.

Tracklist:
CD 1:
1.      Gypsy
2.      Traveller In Time
3.      Bird Of Prey
4.      Sunrise
5.      Rain
6.      Come Away Melinda
7.      Return To Fantasy
8.      Look At Yourself
9.      Come Back To Me
10.  The Easy Road
11.  Sweet Freedom
12.  Why Did You Go?
13.  July Morning
14.  Easy Livin’

CD 2:
1.      Between Two Worlds
2.      Only The Young
3.      Different World
4.      Love In Silence
5.      Blind Eye
6.      Wonderworld
7.      Stealin’
8.      Time Of Revelation
9.      Cross That Line
10.  More Fool You
11.  Universal Wheels
12.  The Golden Palace
13.  Lady In Black

Line-Up:
Mick Box – guitarras
Lee Kerslake – bateria
Trevor Bolder – baixo
Phil Lanzon – teclados
Bernie Shaw – vocais

Convidados:
Liz Cheyen Liew – primeiro violino
Sarah Chi Liew – segundo violino
Saskia Tomkins – viola
Pauline Kirke – violoncelo
Stefan Hannigan – flauta
Melvin Duffy – pedal steel e slide guitar
Kim Chandler – flauta
Pip Williams – guitarra acústica adicional em Lady In Black
Emma Robbins, Kim Chandler, Billie Godfrey - coros

Internet:
Website    
Facebook    
Twitter   

Edição: Huriah Heep Records/Cherry Red Records    

Sem comentários: