quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Review: Ides Of March (João Martins)

Ides Of March (João Martins)
(2015, Independente)
(5.2/6)

João Martins é um músico (percussionista e pianista) de Coimbra a viver em Nova Iorque e logo de início deixamos bem claro que o que agora vamos falar ultrapassa as “típicas” fronteiras de Via Nocturna. Mas que importa isso, quando falamos de um músico português a criar música de qualidade lá fora? Obviamente nada. Mas, as mentes mais fechadas podem passar ao próximo post. Para quem estiver interessado, dizemos que Ides Of March é o segundo disco de João Martins, sucessor de The Sky Over Brooklyn e que foi criado por ele próprio acompanhado de um grande naipe de músicos internacionais. Musicalmente baseia-se no jazz (com alguma influência do jazz brasileiro), sendo que abrange outros ritmos como o afro, o choro e alguns ritmos folclóricos do nordeste do Brasil. Olhando para o currículo de Martins percebe-se esta tendência para os ritmos brasileiros, já que ele é formado pelo Berklee College Of Music (em Boston) com especialização em música brasileira. Os temas dividem-se entre instrumentais e vocalizados e verifica-se o recurso a diversos instrumentos que enriquecem a sonoridade geral. Contudo, para nós, os melhores momentos são, claramente, os mais jazzísticos, onde as componentes de composição e alguma improvisação merecem destaque. Falamos de Ask No Questions e do tema título, com o minimalista trio piano/baixo/bateria, bem como de So Early, a mais longa de todas as faixas e a tal que remete para o jazz brasileiro, com um surpreendente trabalho de metais. Berimba visita o afro e os restantes temas destacam-se também pelo minimalismo, mas essencialmente pela calma e pelo relaxamento. Ides Of March é um disco diversificado, equilibrado, rico em texturas de piano e desafiante para o ouvinte.

Tracklist:
1.      Gismonti To The Rescue
2.      Ask No Questions
3.      Berimba
4.      Meant For You
5.      So Early
6.      Shower Curtain
7.      Ides Of March

Line-Up:
João Martins – piano, guitarras, percussão, backing vocals
Ernesto Llorens, Ivana Jasova – violino
Marta Roma - violoncelo
John Murchison, Stephen Harms, Lefteris Papadakis – baixo
Arei Sekiguchi, Ekah Kim, Mickey Vershbow – bateria
Aleksandra Denda, KB Brown – vocais
Nick Birmelin – congas
Mike Kerr - guitarras
Inhigo Galdeano – saxofone alto
Yongmun Lee – saxofone tenor
Summer Ludlow, Quênia Ribeiro – backing vocals

Internet:

Sem comentários: