quinta-feira, 31 de março de 2016

Review: Sacred Blood "Divine" Lies (Magnum)

Sacred Blood “Divine” Lies (Magnum)
(2016, Steamhammer/SPV)
(6.0/6)

Se isto fosse um anúncio publicitário, diríamos “desde 1972 a produzir do melhor hard rock”. Mas isto não é publicidade, apesar de a afirmação ser verdadeira. E Sacred Blood “Divine” Lies, novo trabalho dos veteranos Magnum é mais um disco de enorme qualidade, na sequência daquilo a que já nos habituaram. E, a verdade, é que não há muito a dizer desta coleção de 10 temas da banda de Tony Clarkin e Bob Catley. É um disco magnífico, com arranjos majestosos, de composições fantásticas, com estruturas inteligentes e com orquestrações só ao alcance de mentes geniais. Mas os Magnum sempre foram assim, poderão afirmar. Pois sim, mas em Sacred Blood “Divine” Lies, todos esses atributos são maximizados e elevados a um patamar superior de qualidade. Poderemos afirmar que os britânicos vivem, atualmente, o seu maior momento criativo e de inspiração. E é, precisamente, neste novo disco e em 10 canções memoráveis que isso se explana. Nas linhas de piano, nas harmonias e melodias de guitarra, nas melodias e arranjos vocais, nas variações rítmicas, na conexão entre todos os elementos instrumentais e até no trovadorismo de um tema como Quiet Rhapsody. Tudo aqui é perfeito. E construído de tal forma que chega a atingir caraterísticas de um musical, como se Andrew Lloyd Webber também colaborasse. Simplesmente brilhante e um disco (mais um) obrigatório dos Magnum!

Tracklist:
01 Sacred Blood “Divine” Lies 
02 Crazy Old Mothers
03 Gypsy Queen
04 Princess in Rags (The Cult)
05 Your Dreams Won't Die
06 Afraid Of The Night
07 A Forgotten Conversation
08 Quiet Rhapsody
09 Twelve Men Wise And Just
10 Don't Cry Baby

Line-Up:
Tony Clarkin - guitarras
Bob Catley - vocais
Mark Stanway - teclados
Al Barrow - baixo
Harry James – bateria

Internet:
Website    
Youtube   
Facebook   

Edição: Steamhammer/SPV    

Sem comentários: