domingo, 29 de maio de 2016

INFO: Rastilho assina dois lançamentos do melhor thrash metal nacional

Ativos desde 2002, os Switchtense chegam ao seu terceiro álbum, afirmando-se como uma das mais potentes forças do thrash metal nacional. O seu terceiro álbum editado este ano pela Rastilho Metal Records, Flesh & Bones, é mais uma prova inequívoca da força e poder de um coletivo que cada vez mais se assume como uma autêntica banda de culto. E para os fãs do thrash metal o álbum número três costuma ser mágico – lembrem-se, por exemplo de Master Of Puppets, Raining Blood, Peace Sells… - e este parece também seguir esse desiderato. Flesh & Bones é um bom disco de thrash metal, muito compacto e com uma poderosa produção. Leads cortantes, secção rítmica poderosa e demolidora e sequências de riffs que arrasam tudo à sua volta ao qual se junta um poderio vocal devastador, fazem deste disco um must para os fãs do género seguindo as pisadas dos mestres do género como Slayer, Haunted, Destruction ou mesmo Exodus.

Tracklist Flesh & Bones:
1. All Or Nothing
2. Flesh & Bones
3. Super Fucking Mainstream
4. Walking On The Edge
5. Ignorance Is Bliss
6. Old Souls (There Are The Ones)
7. Monsters
8. Six Feet Underground
9. One By One
10. Free Falling

Line up Switchtense:
Hugo – vocais
Neto – guitarras
Pardal – guitarras
Karia – baixo
Pintor – bateria

Discografia Swichtense:
Brainwash Show (EP, 2006, Independente)
Confrontation Of Souls (2009, Rastilho Records)
Switchtense (2011, Rastilho Records)
Flesh & Bones (2016, Rastilho Records)


Quanto aos Revolution Within, a banda oriunda da zona Norte de Portugal, é um dos casos de resistência e longevidade do Metal português.  Após dois álbuns de originais editados pela Rastilho Records, a banda do carismático vocalista Rui “Raça” Alves está de regresso em 2016 com Annihilation, onde o quinteto produz um disco recheado de malhas com a sua marca de qualidade e com a energia positiva que os carateriza. A banda arrisca, ainda, sair da sua zona de conforto, criando um trabalho abrangente em que o thrash e o death metal se misturam, por vezes conjugando-se com veia mais hardcore. O artwork ficou a cargo de Samuel Lucas que desenvolveu uma fabulosa novela gráfica em 16 páginas com toda a info necessária para vociferarem a plenos pulmões os 10 temas de Annihilation. Com edição a 20 de maio de 2016 via Rastilho Records, este disco é uma prova da vitalidade e importância dos Revolution Within na cena nacional. Uma década de perseverança, dedicação e sinceridade tão bem retratadas nestes novos temas!

Tracklist Annihilation:
1. Annihilation
2. A Fortress Around My Fate
3. Growing Inside
4. Countdown To...
5. Suicide Inheritance
6. From Madness To Sanity
7. Until I See The Devil Dies
8. Manhunt
9. Without A Reason For Denial
10. This Dying World

Line up Revolution Within:
Raça – vocais
Matador – guitarras
Adriano – guitarras
Jay – baixo
Shaq - bateria

Discografia Revolution Within:
Collision (2009, Rastilho Records)
Straight From Within (2012, Rastilho Records)
Annihilation (2016, Rastilho Records)

Sem comentários: