domingo, 1 de maio de 2016

Review: Black Sheep (Toxikull)

Black Sheep (Toxikull)
(2016, Non Nobis Productions)
(4.9/6)

Um álbum absolutamente frenético e pleno de rebeldia é o que nos trazem os Toxikull nesta sua rodela Black Sheep. O coletivo de Cascais acelera, incendeia e materializa a prova que a nova geração do panorama metálico nacional está bem entregue. A junção de influências como Megadeth, Metal Church e Judas Priest resulta muito bem num conjunto de temas sempre em alta rotação, com alguns break bem introduzidos, riffs a devastar, bateria esquizofrénica e completamente insana e um vocalista que trata por tu as regras do tradicional vocalista de heavy metal. Tudo no seu lugar portanto, a não ser alguns pormenores de coesão (mais notórios nos momentos mais calmos) e alguma confusão que surge no meio de tanto frenesim. Pormenores a limar numa banda que seguramente se prepara para incendiar os palcos deste (e doutros) país!

Tracklist:
1.      Black Sheep
2.      Soulbound
3.      Vicious Life
4.      Kill Me Now
5.      Manipulator
6.      Loving Me Once
7.      The Shepard
8.      Time To Play
9.      Little Piece Of Hell

Line-Up:
Lex Costa – vocais, guitarras
Sandmaster – guitarras
Antim ''The Viking'' Batchev – vocais, baixo
The Lorke - bateria
                                           
Internet:
Facebook   

Edição: Non Nobis Productions   

Sem comentários: