domingo, 1 de maio de 2016

Review: Enlightened By Darkness (Constraint)

Enlightened By Darkness (Constraint)
(2016, Independente)
(5.6/6)

Desde cedo que os Constraint se dedicaram a fazer covers de Nightwish, Epica e Evanescence. O gosto pelo metal sinfónico foi crescendo e a capacidade operática da voz de Beatrice Bini fez o resto. O EP de estreia surge em 2012, Illusion Of A Dream, mas é agora, em 2016, com Enlightened By Darkness que o coletivo de Modena se lança em definitivo na sua procura por um lugar na história. A luta é tremenda face à quantidade de bandas semelhantes que procuram o mesmo mas os Constraint apresentam-se bem dotados de boas malhas e grandes ganchos melódicos acompanhados por riffs densos e pesados e teclados a criar as ambiências certas. E Enlightened By Darkness tem uma coisa curiosa: à medida que se avança no álbum vamos ficando cada vez mais presos a ele. Como se fossemos, lentamente, ficando enfeitiçados. A inclusão de alguns elementos que diversificam a linha estrutural principal ajudam a criar essa perceção. Paulatinamente, a banda introduz violinos, inventa passagens folk, torna-se sensual em baladas agradáveis, arrisca aumentar a complexidade com guitarras mais arrojadas, visita a eletrónica e até Bini se aventura em registos vocais nada operáticos. Em crescendo, Enlightened  By Darkness fecha com chave de ouro com um trio final de temas realmente fantástico.  E tudo isto num disco com arranjos apelativos, melodias cativantes e atitude perfeitamente heavy. Um disco ao qual que os fãs do metal sinfónico deverão dar uma oportunidade.

Tracklist:
1.      Behind The Scenes
2.      Talking Dumbs
3.      The Ending Of Time
4.      Illusion Of A Dream
5.      The Birth
6.      Breathing Infinity
7.      Enlightened By Darkness
8.      Autumn Hymn
9.      Oniria


Line-Up:
Beatrice Bini – vocais
Alesio Molinari – guitarras
Simone Ferraresi – teclados
Federico Paglia – baixo
Alessandro Lodesani – bateria

Internet:
Youtube    
Facebook   

Sem comentários: