quinta-feira, 16 de junho de 2016

Review: Into The Legend (Rhapsody Of Fire)

Into The Legend (Rhapsody Of Fire)
(2016, AFM Records)
(6.0/6)

Luca Turilli já lá não está mas isso não impede os Rhapsody Of Fire de continuarem o seu trajeto majestoso dentro do espetro sonoro que eles próprios criaram. Into The Legend é um disco e, ao mesmo tempo, uma visita ao interior dessa lenda do metal que é o coletivo transalpino. E a tradição é cumprida de forma perfeita. O disco abre com uma introdução orquestral/sinfónica que dá passagem para um tema de duração média/curta com velocidade, melodia, power metal incrustado em estruturas clássicas, o duplo bombo e os solos (guitarra e teclas) de técnica irrepreensível. Sempre foi assim e desta vez isso acontece de novo. No fundo, os Rhapsody Of Fire, em Into The Legend, não criam nada de novo. Mas afinal, nem precisam. São eles os criadores deste género que funde o clássico, o sinfónico, o coral, o barroco, o medieval, o orquestral com o power metal. Por isso, só se lhes pede que construam grandes canções. E foi isso que fizeram, retornando à grandiosidade das produções, aos majestosos coros, às eloquentes criações orquestrais e ao poder da parte metálica num conjunto de temas (Distant Sky, Into The Legend, Valley Of Shadows, Realms Of Light) que irão ser perpetuados como dos melhores que a banda já criou. Assim como as baladas, Shining Star e Volar Sin Dolor, também situadas ao seu melhor nível. Isto sem falar na tradicional peça épica – aqui com 16 minutos – The Kiss Of Life. Into The Legend mostra-nos uns Rhapsody Of Fire de regresso aos seus momentos mais intensos e épicos, numa banda que, afinal, tem muito para dar.

Tracklist:
1.      In Principio
2.      Distant Sky
3.      Into The Legend
4.      Winter’s Rain
5.       Voice In The Cold Wind
6.      Valley Of Shadows
7.      Shining Star
8.      Realms Of Light
9.      Rage Of Darkness
10.  The Kiss Of Life
11.  Volar Sin Dolor (bonus track)

Line-Up:
Alex Starapoli – teclados, piano, harpsichord
Fabio Lione – vocais
Alex Holzwarth – bateria
Roberto de Micheli – guitarras
Alessandro Sala – baixo

Internet:
Website    
Facebook   
Last FM   
Myspace   
Twitter   
Youtube    

Edição: AFM Records   

Sem comentários: