segunda-feira, 11 de julho de 2016

Entrevista: The Roomsounds

Os The Roomsounds têm uma forte ligação às suas raízes. De tal forma que se mudaram de Connecticut para o Texas para procurar essa inspiração. A poucas semanas de visitarem, pela primeira vez a Europa, onde irão apresentar o seu novo álbum, Elm. St., Via Nocturna foi conhecer um pouco melhor este coletivo.

Viva! Obrigado pela disponibilidade! Quem são os The Roomsounds? Podem apresentar a banda aos rockers portugueses?
Claro! Somos uma banda de rock ‘n’ roll com cabelos compridos de Dallas, Texas, EUA!

Como tem sido a vossa história até agora?
Começamos a banda em 2009 depois de nos termos mudado de Connecticut para o Texas. Adoramos a música roots do sul, particularmente folk, country, blues e soul e portanto a nossa mudança para o Texas foi para encontrar inspiração. Já lançámos 2 álbuns e vários singles aqui nos EUA. Esta será a nossa primeira tournée pela Europa e estamos muito animados pelo facto de ter a nossa música a chegar a um público mais amplo!

O que vos motivou a erguer esta banda e quais são/foram as vossas principais influências?
Admiramos bandas como The Rolling Stones, The Beatles e Tom Petty e Heartbreakers porque escreveram músicas intemporais. Também sou inspirado por cantores/compositores como Ryan Adams, Steve Earle e Nick Lowe que têm um dom com as palavras e melodia.

Elm St. É o vosso segundo álbum. De que forma se diferencia da vossa estreia?
O primeiro álbum foi um pouco mais baseado numa onde de blues rock e Elm St. está mais orientado para o lado americana/power pop do rock. Neste álbum toquei com uma guitarra Rickenbackero que, desde logo, empresta um som mais virado para Beatles/Petty/Byrds. Também fizemos mais de 200 espetáculos entre o primeiro eo segundo álbum, portanto a banda está mais afinada.

Rodney Hall apelidou-vos do futuro do rock 'n' roll. Assusta-vos este estatuto numa fase ainda tão cedo na carreira?
É uma honra ser chamado assim! Em última análise, apenas iremos continuar a gravar discos dos quais nos orgulhemos e fazer tours para que a nossa música seja ouvida.

A respeito de Elm St, podem descrever, para quem não vos conhece, o que podem ouvir?
Elm St. é um álbum de rock melódico. Nós gostamos de coros apelativos, harmonias vocais e guitarras crocantes. Somos inspirados pela produção dos discos dos anos 60 e 70, mas atualizamos para um som mais moderno, mais jovem.

Quais são os vossos projetos para os próximos tempos?
Atualmente estamos em tournée pelos EUA a promover Elm St..  Em casa, estamos a trabalhar em novas músicas para o próximo álbum. Esperamos tocar alguns temas novos na Europa.

Mais uma vez, obrigado. Querem acrescentar mais alguma coisa?
Estamos ansiosos por encontrar todos os rock ‘n’ rollers e proporcionar um grande espetáculo. 

Sem comentários: