quinta-feira, 21 de julho de 2016

Review: Existentia (Hypersonic)

Existentia (Hypersonic)
(2016, Revalve Records)
(5.4/6)

Segundo álbum para o quinteto italiano Hypersonic formado em 2006, Existentia brinda-nos com uma mescla de power metal sinfónico típico das bandas italianas, ao qual este coletivo acrescenta  arranjos com alguma complexidade e destreza técnica dos seus instrumentistas que o colocam próximo do patamar do progressivo. A dualidade vocal é uma constante, embora neste caso, apenas em dois momentos os vocais masculinos cheguem a algo próximo dos guturais. O que até um bom sinal porque a voz limpa de Salvo Grasso é muito boa e combina na perfeição com a voz feminina de Alessia Rapisarda. Já os vocais mais agressivos que surgem em Life ‘n Death e em Love Is Pain (Heartbroken) acabam por forçar um exagerado peso que os Hypersonic não têm. Curioso é o tema Pilgrim’s Path, onde se apresentam sons conventuais como coros e orações. Outros temas a destacar em Existentia são As An Angel, Blind Sins, The Eyes Of The Wolf, The Meaning Of… (Existentia) e a balada Embrace Me. As mudanças rítmicas são frequentes, os solos são de belo recorte técnico e as orquestrações são bombásticas o que torna os temas apelativos e adequados a fãs de Nightwish, Epica ou Rhapsody Of Fire.

Tracklist:
01 - The First Sound Of Life (Principium)
02 - The Eyes Of The Wolf
03 - As An Angel
04 - Blind Sins
05 - Living In The Light
06 - Embrace Me
07 - Love Is Pain (Heartbroken)
08 - God's Justice
09 – Life 'n Death
10 - Pilgrim's Path
11 - Prayer In The Dark
12 - The Meaning of... (...Existence)

Line-Up:
Alessia Rapisarda – vocais
Salvo Grasso - bateria e vocais
Emanuele Gangemi – guitarras
Francesco Caruso – baixo
Dario Caruso – piano e teclados

Internet:
Facebook   
Myspace   
PureVolume   
Youtube   


Edição: Revalve Records   

Sem comentários: