sábado, 30 de julho de 2016

Review: Lion & Queen (Great Master)

Lion & Queen (Great Master)
(2016, Underground Symphony)
(5.5/6)

Épicos, pesados, melodiosos e com coros poderosos. Assim se podem descrever, sucintamente, os italianos Great Master que regressam às edições discográficas com Lion & Queen, quatro anos após Serenissima. Os temas não são, na sua maioria, muito rápidos, optando a banda por construir malhas mais compassadas e com bastantes camadas o que leva a criar uma certa áurea progressiva, embora este não seja, de todo, o seu campo. Ponto forte são as excelentes dinâmicas de bateria criadas, as quais associadas a agradáveis linhas melódicas vocais e a coros épicos acabam por causar um impacto forte. Depois de uma introdução em tons medievais/celtas, Lion & Queen entra numa fase algo em banho-maria, com temas apelativos embora nada de transcendente. O melhor chega a partir do longo épico Mystic River e, daí até ao final, a banda vai sempre em crescendo de intensidade, criatividade, musicalidade e emotividade. Uma ponta final demolidora que acaba por justificar a descoberta de mais um coletivo da escola transalpina do metal melódico e majestoso.

Tracklist:
1.      Voices
2.      Another Story
3.      Oldest
4.      Prayer In The Wind
5.      Traveller In Time
6.      Stargate
7.      Mystic River
8.      Holy Mountain
9.      Time After Time
10.  The Other Side
11.  Walking On The Rainbow
12.  Lion And Queen

Line-Up:
Max Bastasi – vocais
Jahn Carlini – guitarras
Marco Antonello – baixo
Massimo Penzo - bateria

Convidados:
Simone Mularoni, Francesco Russo, Shuai Xia, Daniele Genugu – guitarras
Andreas Martini Wimmer – teclados
Alessandro Battini – piano e teclados
SY - vocais

Internet:
Facebook   
Website   
Myspace   
Twitter   
Youtube   

Edição: UndergroundSymphony    

Sem comentários: