sábado, 2 de julho de 2016

Review: Modern Day Disgrace (Sir Reg)

Modern Day Disgrace (Sir Reg)
(2016, Gain Music/Sony Music)
(6.0/6)

Modern Day Disgrace é o nome do mais recente trabalho dos Sir Reg, um coletivo sueco liderado por um irlandês. E nesta nova rodela o sexteto opta por dar mais enfase aos instrumentos acústicos (bandolim e violino) mas nem por isso se perde aquela intensidade única a que os Sir Reg, mesmo quando ainda se chamavam The Barcrawlers, nos habituaram. Uma enérgica mistura entre o folk irlandês e o punk rock resultam, neste caso, em 10 temas (há ainda um interlúdio em formato spoken word) de grande classe, com uma enorme vivacidade e impetuosidade. Uma coleção onde é difícil escolher os melhores temas, mas ainda assim arriscamos referir Fake Hero, Boys Of St. Pauli, The Wrong Bar, Johnny ou Won’t Let Yoy Cry, essencialmente porque são aqueles onde a junção de energia e musicalidade melhor é conseguida, ou onde a banda se mostra mais arrojada na criação de arranjos de belíssimo efeito. Porque mesmo tendo por base o punk rock, os Sir Reg sabem bem como criar estruturas interessantes e cativantes. E é claramente da junção de todos esses fatores, sem esquecer o tradicionalismo folk celta irlandês que resulta num Modern Day Disgrace memorável e obrigatório.

Tracklist:
1. End Of The Line
2. Boys Of St. Pauli
3. Drinking Like A Dane
4. Fake Hero
5. All Saint's Day
6. Interlude
7. The Wrong Bar
8. Johnny
9. Won't Let You Cry
10. Breaking Down All Borders
11. Call It A Day!

Line-Up:
Brendan – vocais e guitarra acústica
Karin – violino
Chris – guitarra elétrica
Tommie – bateria
Filip - bamdolim
Juha – baixo

Internet:
Website   
Facebook   
Youtube  

Edição: Gain Music  

Sem comentários: