quarta-feira, 28 de setembro de 2016

INFO: Via Nocturna estreia video de Black Metal, dos Cure For Gravity

Apresentamo-vos os Cure For Gravity! O coletivo é composto por Joe Markert (vocais, teclados e guitarras), Chris Gamper (bateria e percussão) e Dave Walcott (guitarra solo), tendo contado, neste disco, com as colaborações de Dan Feiszli (baixo), Casey Cameron (teclados e arranjos de cordas), Louise Nalbandian (backing vocals) e Ray Puzey (teclados). Este trio pratica uma amálgama de prog rock alternativo, atmosférico, cinematográfico com forte ênfase nos diálogos entre os sintetizadores e os longos, melódicos e técnicos solos de guitarra. A imprensa tem-lhe aplicado rótulos tão estranhos como progressive pop, synth rock, cinematic alt rock mas a banda preocupa-se mais em criar canções de grande musicalidade cruzadas com alguma complexidade. O álbum homónimo de estreia será lançado nos formatos físico e digital a 14 de outubro, seguindo-se uma tournée que deverá entrar por 2017 a dentro. Em Cure For Gravity (5.3/6) a banda usa uma eclética mistura de elementos eletrónicos e ao vivo por forma a transportar os ouvintes até uma paisagem sonora desenhada por eles próprios. A inspiração dos Cure For Gravity assenta nas bandas clássicas de prog rock (Genesis, King Crimson), na experimentação electrónica de John Cage e referências mais recentes como Radiohead, God Is An Astronaut ou The National. E é precisamente esse eclectismo que mantém os ouvintes ligados faixa atrás de faixa. Liricamente, Cure For Gravity lida com o isolamento e a falta de ajuda. Uma temática que combina bem com o background musical e com os atuais tempos turbulentos. Black Metal, por exemplo, o primeiro single, explora o território da escuridão distópica que reflete o território político atual. O primeiro vídeo, que Via Nocturna se orgulha de estrear para Portugal, é precisamente deste tema Black Metal.

Tracklist:
1.      Tonight
2.      Sunspots
3.      Just Like Candy
4.      Black Metal
5.      Push
6.      Killing For The Queen

Sem comentários: