quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Review: Still On Fire (Hammerschmitt)

Still On Fire (Hammerschmitt)
(2016, Massacre Records)
(6.0/6)

Depois da experiência a cantar em alemão os Hammerschmitt resolveram prestar homenagem ao divertimento e ao rock ‘n’ roll com o lançamento de dois EP’s em inglês, intitulados Born To Rock Volume 1 e Volume 2, respetivamente em 2013 e 2015. Da reunião dos temas presentes nesses EP’s surge agora o álbum, numa edição da Massacre Records. E ainda bem que uma editora de referência no metal pegou neste conjunto de temas e lhes permitiu ter uma maior visibilidade, porque o que este coletivo apresenta em Still On Fire é bom demais para ficar perdido. Um conjunto de dez originais e uma versão do conhecidíssimo Zombie dos Cranberries fazem a delícia do mais fervoroso e exigente fã de hard rock/heavy metal. Está tudo lá, a começar, e principalmente, um conjunto de grandes malhas que têm tudo para se tornar históricas e imortais. Temas como Rock Steady, Sanctuary, Metalheadz, One Helluva Night, Whoohoo e Killed By Death são realmente brilhantes e do melhor que o metal tradicional da velha escola já nos mostrou. Um disco obrigatório, para todos, mas ainda mais para quem anda numa onde de Scorpions (dos velhos tempos) ou Axel Rudi Pell.

Tracklist:
1. Rock Steady
2. Sanctuary
3. Still On Fire
4. Metalheadz
5. Shout
6. Zombie
7. One Helluva Night
8. Mean Streak
9. Crazy World
10. Whoohoo
11. Killed By Death

Line-Up:
Benjamin Kroiß - vocais
Gernot Kroiß - guitarras
Andreas Summer - guitarras
Stefan Kroiß - bateria
Armin Zelzer - baixo

Internet:
Website    
Facebook       
Youtube           

Edição: Massacre Records    

Sem comentários: