sábado, 22 de outubro de 2016

Review: Suicide By Tigers (Suicide By Tigers)

Suicide By Tigers (Suicide By Tigers)
(2016, Smilodon Records)
(5.6/6)

Esta estreia homónima dos Suicide By Tigers leva-nos até aos tempos de bandas como Free e Led Zeppelin, onde o hard rock e o blues andavam de mão dada. Riffs sujos, enevoados, longos solos, um baixo a incutir um groove e swing fantásticos são, desde logo, a matriz do que mais importante se ouve em Suicide By Tigers. Depois, claro, a experiência deste quarteto sueco permite outras habilidades e malabarismos, como seja a bateria completamente diabólica e esquizofrénica em Vicious Malicious, a entrada por campos claramente mais stoner em Beautiful Nights e Ball Of Fire, e a criação de um momento muito dark e doom, a lembrar Black Sabbath em Keep You Smiling. Mas é em Fox In A Hole que se juntam e se explanam as melhores caraterísticas dos Suicide By Tigers, numa faixa sensacional de hard rock, groove, swing e até jazz. Se é verdade que o sul da Suécia tem sido solo fértil para o hard rock, pois bem, resta dizer que a tradição se mantém e que os Suicide By Tigers são o mais recente nome originário dessa região a merecer toda a atenção.

Tracklist:
1. Death On Your Trail
2. Beautiful Nights
3. Pack Of Wolves
4. Vicious Malicious
5. Fox In A Hole
6. True Believers
7. Ball Of Fire
8. Keep You Smiling
9. Karma (CD bonus track)

Line-Up:
Nils Lindström – vocais
Petter Rudnert – guitarras
Peter Broch – baixo
Johan Helgesson – bateria

Internet:
Website   
Facebook     

Edição: Smilodon Records    

Sem comentários: