quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Review: Thundering Herd (The Kyle Gass Band)

Thundering Herd (The Kyle Gass Band)
(2016, Steamhammer/SPV)
(5.8/6)

Ora aí está uma fantástica notícia: Kyle Gass e a sua banda estão de regresso com o seu segundo disco, intitulado Thundering Herd. Um quinteto para quem o hard rock não tem segredos e onde os limites da criatividade também não existem. E isso sempre com um incrível sentido de humor e boa disposição. Thundering Herd começa onde o antecessor homónimo termina e, por isso, não é de estranhar a continuação da sequência Bro (Code no lugar de Ho) e da história do Gypsy Scroll – aqui com uma continuação que inclui hilariantes diálogos. Thundering Herd abre em ritmos hard rock clássicos, até Bring Her Back Better, mostrando-se sempre disponível para ir variando os recursos – utilização de guitarra acústica (Bro Code), flauta (Cakey) e incremento de riffs pesadões (Hell Or High). Destaque para o jogo com os espaços de silêncio neste último tema, verdadeiramente delicioso. O hard rock voltará, lá mais para o fim, mas no miolo do disco, Kyle Gass surpreende pela facilidade com que envereda por outros géneros – Bone mais funky, Uncle Jazz mais jazzística e Mike Bray (Don’t Drink The Water) mais sixties. Aliás, quem mais se lembraria de utilizar o nome do guitarrista da banda num tema seu? Mais uma demonstração do bom humor e descomprometimento total que se vive nos álbuns de Kyle Gass e sua banda. Os riffs pesadões voltarão em Mama’s Ma, antes do hilariante conjunto de temas finais: de Gypsy Scroll: Toot Of The Valley já falamos; The Best We Could Do (In The Time Allotted), num registo que se aproxima de Santana com a banda a cantar, em jeito de despedida, que isto foi o melhor que conseguiram fazer. Fiquem tranquilos, Kyle e banda, porque o que conseguiram fazer é, sem dúvida, excelente.

Tracklist:
1. Cakey
2. Regretta
3. Bro Code
4. Hell Or High
5. Bring Her Back Better
6. Bone
7. Uncle Jazz
8. Mike Bray (Don’t Drink The Water)
9. Mama’s Ma
10. Gypsy Scroll II:Toot Of The Valley
11. The Best We Could Do (In The Time Allotted)

Line-Up:
Kyle Gass – vocais, guitarras
Mike Bray – vocais, guitarras
John Konesky – vocais, guitarras
Jason Keene - baixo
Tim Spier – bateria

Internet:
Website    

Edição: Steamhammer/SPV    

Sem comentários: