sábado, 26 de novembro de 2016

Review: Breaking The Rock (Existance)

Breaking The Rock (Existance)
(2016, Black Viper Records)
(5.9/6)

Como é bom ver miúdos a fazer metal tradicional como nos gloriosos anos 80! Os Existance são franceses e já havia chamado a atenção com Steel Alive, editado em 2013, mas é agora com Breaking The Rock que a banda se solta para outros patamares. De facto, bateria completamente tresloucada e demente, baixo com uma impressionante presença, riffs fortes, ritmos catchy, harmonias, conjunto de solos memoráveis e os sucessivos diálogos entre o lead vocal e os coros elevam este conjunto de dez canções a patamares de imortalidade. Sempre com a atenção de criar temas orelhudos e com grande musicalidade, com a atitude certa, competentes e criativos, os Existance alternam cavalgadas épicas com momentos baladescos e fazem de Breaking The Rock um disco que é saudosista porque bebe no grandiosos passado e mostra que o legado de nomes como Iron Maiden, Helloween, Accept ou Twisted Sister continua bem vivo!

Tracklist:
1. Heavy Metal Fury
2. Honest
3. We Are Restless
4. All Is On Fire
5. Deserve Your Love
6. Sinner Of Love
7. Marilyn (Icon Of Desire)
8. In The Name Of Revenge
9. Pain In Paradise
10. Breaking The Rock

Line-Up:
Julian Izard – vocais e guitarras
Antoine Poiret – guitarras
Nicolas Martineau – bateria
Julien Robilliard – baixo
   
Internet:
Website    
Facebook    
Youtube   

Edição: Black Viper Records     

Sem comentários: