quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Review: Shake The Tree (The Brew)

Shake The Tree (The Brew)
(2016, Jazzhaus Records)
(5.6/6)

Os The Brew foram uma das poucas bandas a tocar duas vezes no famoso Rockpalast Show. Isso deve querer dizer qualquer coisa. E essa coisa é uma energia fantástica colocada ao serviço do rock ‘n’ roll. Shake The Tree é o novo trabalho dos britânicos que já foram apelidados como um dos melhores atos ao vivo. Pudera! Se em estúdio têm este poder, energia e adrenalina… imaginem ao vivo! Porque Shake The Tree é rock puro e duro, sem premissas de qualquer ordem, a não ser as de criar malhas cheias de groove, fuzz, shake, com um som muito sujo e dinâmicas rítmicas muito valiosas. Algum psicadelismo, doom e stoner também aqui se encontram numa coleção de canções que vêm diretamente do tempo em que o rock era assim mesmo: orgânico, visceral, ruidoso, tribal. Do tempo de uns The Who ou Led Zeppelin! Mas, atenção, os The Brew inserem uma dose assinalável de contemporaneidade – The Black Keys, Kasabian entre outros. Essa mistura que enrique um conjunto de canções que atinge o seu ponto máximo em temas como Shake The Tree, Without You, Rock n Roll Dealer e Small Town Faces.

Tracklist:
1.      Johnny Moore
2.      Knife Edge
3.      Shake The Tree
4.      Black Hole Soul
5.      Without You
6.      Rock n Roll Dealer
7.      Name On A Bullet
8.      Small Town Faces
9.      Ambassador To The Lonely
10.  My Juliet

Line-Up:
Tim Smith – baixo
Kurtis Smith – bateria
Jason Barwick – guitarras, vocais

Internet:
Website    
Facebook   
Youtube   

Edição: Jazzhaus Records   

Sem comentários: