quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Review: Elements (Fourth Circle)

Elements (Fourth Circle)
(2016, Dark Tunes)
(5.3/6)

Os elementos são quatro… os círculos, aparentemente para estes franceses, também. E o novo álbum dos Fourth Circle é, simultaneamente, bombástico, cinematográfico, sinfónico e… um pouco confuso. Tudo o que está em Elements já foi feito pelos Nightwish, pelos Within Temptation, pelos Epica… os coros, os vocalizos, os elementos eletrónicos, os vocais operáticos, as linhas melódicas e estruturais, as dinâmicas. Elements pouco mais adiciona, embora tenha um conjunto de algumas malhas com algum interesse: Write Your Own Story, a abertura sinfónica e cinematográfica está muito bem conseguida; Iron Drops (mesmo muito colada a WT) consegue agarrar o ouvinte; Beyond Death pelos ritmos eletrónicos que remetem para o trabalho de Arjen Anthony Lucassen; e The Tale, uma história contada em formato Hollywoodesco. Por algumas vezes a princesa que é Audrey Adornato transforma-se numa bruxa maléfica e solta os seus guturais – algo desnecessários, diga-se, em função do tipo de música apresentado – embora se adequem ao aspeto mais teatral que os Fourth Circle trazem para a sua música. O resto é complementado com riffs pesadões, estruturas complexas e interessantes dinâmicas, aproximando-se muito, neste particular, dos Epica. Por isso, este é um álbum destinado a esses tipos de fãs que podem encontrar algo de interessante em Elements.

Tracklist:
01.       Write   Your    Own    Story              
02.       Take               
03.       Water's           Child              
04.       These  Walls              
05.       From   Moon             
06.       Iron     Drops             
07.       Signals           
08.       Beyond            Death             
09.       Crossing          the       Air                  
10.       In         The      Dark               
11.       Seducing                    
12.       The      Tale                
13.       Sleepless         Son                 

Line-Up:
Audrey Adornato – vocais
Julien Blanchet – bateria
Henri Friedrich – baixo
Maxime Boriolo – guitarras
Olivier Keller – teclados

Internet:
Website    
Facebook    

Edição: Dark Tunes    

Sem comentários: