quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Entrevista: Alfredo Gargaro

Guitarrista dos Exiled On Earth, Alfredo Gargaro tem uma longa carreira de 25 anos. Mas só agora estiveram reunidas as condições para se lançar numa aventura a solo apresentando um conjunto de temas que definem toda a sua carreira. O guitarrista italiano falou a Via Nocturna sobre Various, numa conversa que também passou pela sua banda.

Olá Alfredo, como estás? Para quem não te conhece, poderíamos começar esta conversa com uma breve apresentação tua como guitarrista e compositor…
Olá, sim, diria que tudo está a ir de maneira ótima, por agora! Sou um guitarrista com 25 anos de experiência que tive a oportunidade de crescer com várias boas influências, tocar com alguns dos maiores músicos de rock e metal do meu país e finalmente desenvolver a combinação certa de técnica e experiência para compor e gravar um álbum solo que me faz feliz e orgulhoso.

Various é o teu primeiro álbum a solo? Quando decidiste criar algo deste género?
Este é o meu primeiro álbum solo e é o resultado de um percurso musical ao longo da vida. Pensei que este era o momento certo para fazer um resumo de todas as minhas experiências musicais e criar algo que definitivamente representa a minha identidade como guitarrista e compositor.

O que estás a tentar atingir com este disco?
Apenas me queria expressar, expressar a minha personalidade musical e fazer com as minhas capacidades de guitarrista e composição servissem as músicas que escrevi, quer as instrumentais, onde faço muitos solos, quer aquelas onde colaboro com diferentes cantores.

Exatamente, para este álbum chamaste diversos vocalistas. Pensaste em alguma canção específica para cada um?
Sim absolutamente! Simplesmente queria que cada música fosse perfeita para o estilo vocal e personalidade dos diferentes cantores com quem colaborei. E devo dizer que fiquei muito orgulhoso quando alguns deles me disseram: "Alfredo, esta música encaixa perfeitamente em mim! Parece que fui eu mesmo quem a escreveu!"

Para além de ti e dos vocalistas, quem te acompanha na secção instrumental?
Tenho o orgulho de trabalhar com o talentoso Andrea Mattei, grande baixista, compositor, arranjador e produtor que tocou todas as linhas de baixo e fez arranjos de sintetizador e programação de bateria. Ele fez um trabalho fantástico e criou, na minha opinião, o som perfeito para este álbum.

Este conjunto de canções é completamente novo ou é o resultado do teu trabalho ao longo dos anos?
Como já disse, trata-se de uma espécie de resumo de todo o meu percurso artístico e surge no momento certo, com o bom humor e as colaborações certas para que tenha o melhor potencial.

Também és membro dos Exiled On Earth que em 2016 lançou o álbum Forces Of Denial. Como tem sido a receção?
Temos tido muito boas críticas e uma boa reacção do público quando tocamos ao vivo todo o álbum. Podemos dizer que estamos orgulhosos do som e eu, pessoalmente, gosto do ritmo e das partes solo que eu faço em cada canção.

Podes falar, também, um pouco desse álbum?
É uma mistura de estilos de thrash, power e prog metal onde tentamos trazer riffs e uma secção rítmica poderosa e técnica, vocais fortes e alguns bons refrães melódicos.

Voltando a Various, o que está previsto para a sua promoção?
Temos algumas datas programadas no nosso país e planeamos visitar a Europa do Norte na primavera/verão. Enquanto isso, a minha editora e o gabinete de imprensa estão a trabalhar forte para fazer com que o álbum seja conhecido mundialmente. E estamos a ter muito bom feedback da audiência!

Obrigado Alfredo, queres acrescentar algo mais?
Muito obrigado pelo tempo que me dedicaste e gostaria de agradecer a todos os leitores e, é claro, por favor, mantenham-se em contacto!

Sem comentários: