quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Review: Demolition Derby (Bad Bones)

Demolition Derby (Bad Bones)
(2016, Sliptrick Records)
(5.7/6)

Ser nomeado pela Metal Hammer como melhor banda italiana de 2016, quererá dizer alguma coisa. Foi o que aconteceu aos Bad Bones que com Demolition Derby inscrevem, definitivamente, o seu nome entre os mais ilustres do género europeu. Bom, os Bad Bones já andam nisto desde 2007 e Demolition Derby é já o seu quarto álbum. Um álbum de hard ‘n’ heavy puro, sem devaneios desnecessários nem rodriguinhos esquisitos. Isto é hard rock como se fazia nos anos 80. O quarteto pega nas suas guitarras e simplesmente saca onze temas de bom catchy hard rock, bem ritmado. E é essa simplicidade que faz de Demolition Derby um disco que apete ouvir e simplesmente curtir. Ainda assim, a banda faz alguma coisa ao nível das estruturas e dos arranjos. Sim, aqui e ali surgem uma guitarra bluesy ou uma slide guitar. Mas, no fundo, não se preocupam com ser experimentais nem inovadores. Nem precisam, porque o que fazem é o que os fãs do hard rock pedem – que rockem, que se divirtam e os divirtam, que soltem a música para a música os soltar. E isso está tudo em Demolition Derby, por mais que se diga que o boom deste género tenha sido há mais de trinta anos. E isso, efetivamente pouco importa quando se trata de boa música.

Tracklist:
1.      Me Against Myself
2.      Endless Road
3.      Some Kind Of Blues
4.      Stronger
5.      Rambling Heart
6.      Rusty Broken Song
7.      Red Sun
8.      A Perfect Alibi
9.      Shoot You Down
10.  The Race
11.  Demolition Derby

Line-up:
Max Malmerenda – vocais
Sergio Aschieris – guitarras
Steve Balocco – baixo
Lele Balocco - bateria

Internet:
Facebook   
Youtube   

Edição: Sliptrick Records   

Sem comentários: