terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Review: Various (Alfredo Gargaro)

Various (Alfredo Gargaro)
(2016, Sliptrick Records)
(5.5/6)

E de repente fomos assaltados por uma série de guitarristas italianos. Primeiro foi, já há algum tempo, Antonello Giliberto, depois, mais recentemente, foram Matteo Brigo e Giordano Boncompagni. Finalmente chegou a vez de Alfredo Gargaro que se estreia a solo com Various. Desta curta amostra de mestres da guitarra, sempre poderemos dizer que o país da pasta está muito bem servido de guitarristas, até porque cada um deles imprime um estilo diferente. Ao contrário dos outros, Gargaro não envereda tanto pelo estilo de guitar hero nem de shred guitarist. Por isso Various tem apenas três temas instrumentais, estando as vocalizações dos restantes sete entregues a vocalistas convidados. O desempenho de Gargaro situa-se mais no campo da criação de canções onde a guitarra – quer nas harmonias, quer nos ritmos, quer nos solos – é muito trabalhada. E Various, como o próprio nome deixa antever, é um disco bem diverso. Para além dos citados instrumentais (Various, Different Soul e Twister), há um tema vocalizado por voz feminina (No More Free), há um tema de power metal melódico (Exodus), há um blues na linha de Gary Moore (‘Till The End Of Time), há um tema com uma soberba melodia e linhas góticas (Deadly Ride) e há os restantes três temas de metal pesado, compassado e muito orientado para os riffs. Mas, para além de variado, Various não é muito equilibrado, sendo que há claramente uns temas que estão num patamar muito superior a outros. E aqui merece destaque a segunda metade do disco, que é onde os mais altos níveis de qualidade são atingidos. Ainda assim, é notável o talentoso trabalho de Alfredo Gargaro quer na composição, quer na execução.

Tracklist:
1.      Various
2.      Burning Down
3.      Kill The Flame
4.      The Shark
5.      Different Soul
6.      Exodus
7.      Deadly Ride
8.      No More Free
9.      ‘Till The End Of Time
10.  Twister

Line-up:
Alfredo Gargaro – guitarras
Francesco Lattes, Cesare Verdacchi, Giuseppe Cialone, Tiziano Marcozzi, Francesca Mexx, Freddy Rising, Giorgio Lorito - vocais
Andrea Mattei – baixo, guitarra, bateria

Internet:
Facebook   
Website   
Youtube   

Edição: Sliptrick Records   

Sem comentários: