sábado, 28 de janeiro de 2017

Review: Ways Of Perseverance (Easy Trigger)

Ways Of Perseverance (Easy Trigger)
(2016, Street Symphonies Records)
(5.4/6)

Parece que a criação deste Ways Of Perseverance, sucessor de Bullshit, dos Easy Trigger se revelou um caminho algo difícil e complicado. Ainda assim, os italianos chegam ao seu segundo disco, quatro anos depois da estreia. Um disco que bebe muito na cena thrash metal da Bay Area e a cruza com influências da NWOBHM, sempre com os anos 80 como pano de fundo, portanto. Ways Of Perseverance é um disco que é um verdadeiro terramoto musical de energia e atitude. Um baixo coeso segura o coletivo sempre no limite, com as guitarras densas e bem puxadas e vocais bem altos, muito direto, perfeitamente in your face. Sempre no máximo, sempre no limite… e um verdadeiro caldeirão de influência em total ebulição, pronto a explodir que ainda passa, para além das referências citadas, por algum punk, por stoner, pelo hardcore, pelo glam rock versão LA anos 80 e até blues. Aqui e ali surgem algumas brechas nessa intensa parede sónica (Blind e Tell Me A Story), mostrando que os Easy Trigger também conseguem ser algo mais que barulhentos e intensos.

Tracklist:
1.      My Darkness
2.      Land Of Light
3.      The Watchmaker
4.      God Is Dead
5.      Turn To Stone
6.      One Way Out
7.      Blind
8.      Tell Me A Story
9.      Sold Out
10.  The Sand

Line-up:
Nico – vocais
Caste – guitaras
Vale – baixo
Pane – bateria

Internet:
Facebook   
Reverbnation    

Edição: Street Symphonies Records   

Sem comentários: