sábado, 7 de janeiro de 2017

Review: Wounded Bird (Ray Vaughn)

Wounded Bird (Ray Vaughn)
(2016, Raysomusic)
(5.8/6)

Contrariando um pouco o esperado, pelo menos a partir do seu anterior registo, Way Down Low, Ray Vaughn regressa com Wounded Bird num registo claramente mais rockeiro e direto. Bom, pelo menos em metade do disco. Isto porque o primeiro conjunto de três temas são fortes, com guitarras marcantes e uma secção rítmica possante num estilo direto, como já referimos e muito eletrificado. Um registo a cair claramente para ondas punk de um Billy Idol, de uns The Boomtown Rats ou mesmo de uns The Kinks. A partir da quarta música, Change In Latitude, algo começa a mudar. Os elementos acústicos começam a surgir com mais acuidade e a resposta é simplesmente o melhor tema do álbum e um dos melhores da carreira do americano. Em Song For You o registo acústico já domina acompanhado de umas vocalizações graves e quentes e em jeito de contar histórias. Algo que se aproxima de um Bob Dylan, por exemplo e que voltará a suceder no fecho It Happened On Willow Street. Mas as surpresas de Wounded Bird não se ficam por aqui. Os dois temas seguintes – Been Away Too Long e Rain – situam-se num registo eletroacústico de um pop/punk à lá Iggy Pop, por exemplo. De facto, Wounded Bird é um enorme passo em frente dado por Ray Vaughn relativamente a Way Down Low. Mais consistente, mais sólido, mais equilibrado, mais rico e claramente com um melhor naipe de canções. Um grande disco, sem dúvida!

Tracklist:
1.      Human Calculator
2.      Wounded Bird
3.      True Faith
4.      Change In Latitude
5.      Song For You
6.      Been Away Too Long
7.      Rain
8.      It Happened On Willow Street

Line-up:
Ed Rawlings – guitarras
James Deprato – guitarras, bandolim
Kevin T White – baixo
Prairie Prince – bateria
Phil Bennett – Hammond em #1
Ray Vaughn – vocais, guitarras

Internet:
Facebook   

Edição: Raysomusic   

Sem comentários: