terça-feira, 16 de maio de 2017

Review: Viana (Viana)

Viana (Viana)
(2017, Street Symphonies)
(5.6/6)

Stefano Viana é o nome do guitarrista italiano que dá nome a este projeto que se estreia de forma homónima. É certo que a sua carreira não tem sido fácil, sendo mesmo pautada por alguns percalços o que origina que apesar de compor desde 1996, este seja o seu primeiro álbum. A sua ligação a Alessandro Del Vecchio acabou por ser vital para este resultado final. Um resultado final de muito bom nível, refira-se. Viana é um disco de hard rock clássico que acaba por ser enriquecido por algumas doses quer de rock melódico quer de AOR. Como forma de melhor se localizar o que se ouve em Viana, sempre diremos que se situa em campos já percorridos por Whitesnake, Firehouse, House Of Lords ou Tommy Denander. São dez temas que incluem duas baladas, Follow The Dawn e That Place Is You, e mais oito temas de agradável hard rock onde as guitarras têm sempre o papel principal. Viana é assim um disco equilibrado, bem elaborado, com boas malhas, belas harmonias e melodias cantaroláveis. Um disco maduro e adulto que nunca perde o sentido estético nem de ritmo nem de groove. Um disco consistente, rigoroso e bastante homogéneo que vale como um todo.

Tracklist:
1.      Straight Between Our Hearts
2.      Bad Signs
3.      Feel Your Love Tonight
4.      Night Of Fire
5.      Follow The Dawn
6.      A New Love
7.      Living A Lie
8.      Just To Sing
9.      Open Road
10.  That Place Is You

Line-up:
Stefano Viana – guitarras
Alessandro Del Vecchio – vocais
Francesco Marras – guitarras
Anna Portalupi – baixo
Alessandro Mori – bateria
Gabriele Gozzi – backing vocals
Pasquale India – teclados

Internet:
Website      
Facebook            
Twitter      

Edição: Street Symphonies      

Sem comentários: