quinta-feira, 1 de junho de 2017

Review: Greasy Tree (Greasy Tree)

Greasy Tree (Greasy Tree)
(2017, Independente)
(5.9/6)

Diz o press release e pode ler-se no site da banda que os Greasy Tree são um power trio com infusões blues, com excesso de cabelo e ainda mais atitude. E que não restem dúvidas que este trio originário do Arkansas, formado por elementos experientes e que até já têm, no seu conjunto, três tournées europeias, entra no circuito pela porta grande. O seu trabalho homónimo de estreia é, na realidade, uma fantástica rodela de blues rock a tender para o hard rock. De uma maneira geral o swing e groove que a banda incorpora traz magia – e isso percebe-se quando se ouvem temas memoráveis como Sweet Sugar, Love That Lady ou Whiskey. Por outro lado, o som sujo da guitarra adicionado de wah-wah cria os adequados momentos de fuzz e psicadelismo. O blues rock é, efetivamente, o prato forte, e BB King, esteja onde estiver, há-de estar certamente emocionado e feliz com a forma como o seu legado é executado por estes três músicos. Mas nem só de blues vive Greasy Tree. Logo o segundo tema, Let Love Go, traz um riff muito próximo de Heaven’s On Fire dos Kiss. Depois Goin’ Home introduz estruturas jazz num tema de blues tradicional – o resultado é genial! Greasy está mais orientada para o funky e desenvolve-se em jeito de improviso, com a guitarra e crescer e evoluir sucessivamente. She Wild toca no rock psicadélico de Jimi Hendrix. Shame (Behind The Bottle) introduz um elemento novo: a guitarra acústica que serve de base a todo o tema e sobre a qual se desenvolve uma canção em sistemática evolução. Finalmente há Time, Love And Space, mais calma, mais introspetiva e claramente mais sulista. Posto isto, resta referir que blues, fuzz, rock, psicadelismo, genialidade e criatividade andam de mãos dadas em Greasy Tree num dos melhores discos do ano dentro deste espectro. E a não perder a vinda à Europa do trio no inicio do próximo ano.

Tracklist:
1.      Don’t Worry About Me
2.      Let Love Go
3.      Sweet Sugar
4.      Time, Love And Space
5.      Goin’ Home
6.      Shame (Behind The Bottle)
7.      Love That Lady
8.      Whiskey
9.      Greasy
10.  She Wild

Line-up:
Red Dorton – baixo e vocais
Jacob Brumley – bateria e vocais
Cameron Roberts – guitarras e vocais

Internet:
Website    
Facebook     

Sem comentários: